quinta, 26 de novembro de 2020

Obras para evitar mortandade de peixes em Maricá

Canal de Barra de Maricá irá oxigenar lagoa e evitar mortandade de peixes (Foto: Clarildo Menezes, Gabriel Reis e Fabrício Correa)

A Prefeitura de Maricá iniciou, na manhã desta quinta-feira (31), a abertura do canal da Barra de Maricá, com o objetivo de evitar a mortandade de peixes na lagoa. De acordo com o presidente de Serviços de Obras de Maricá (Somar), Renato Machado, a ação é provisória e pode ainda beneficiar residências e quiosques da região.

“O canal pode auxiliar moradores e trabalhadores da Barra de Maricá que estão sofrendo com falta de água. Por exemplo, uma vila de pescadores tem os poços próximos à orla da lagoa e com o baixo nível de água, eles não estão sendo abastecidos. Se a gente consegue aumentar a quantidade de água salgada, é provável que também consiga aumentar a de água doce, e isso solucionará o problema”, afirmou.

Já o prefeito da cidade, Fabiano Horta, afirmou que “a abertura esporádica do canal da Barra vai gerar renovação das águas numa época de muita seca, mortandade de peixes e diminuição do volume da lagoa. O fluxo de águas vai gerar uma consequente melhora da qualidade do nosso sistema lagunar. Vamos trabalhar para revitalizar a vida orgânica de nossas lagoas”.

O secretário Helter Ferreira e o presidente da Somar, Renato Machado, acompanham os trabalhos (Foto: Clarildo Menezes, Gabriel Reis e Fabrício Correa)

O canal está sendo aberto com 80m de largura e 1,5m de profundidade. Quatro máquinas trabalham na retirada da areia e aprofundamento da área. Ainda segundo o presidente da Somar, as obras devem ser concluídas até a manhã de sábado (2).

“É importante ressaltar que não há o risco da lagoa secar e nem de inundação na orla. Cerca de duas máquinas ficarão no local realizando o trabalho de permitir que a água chegue à lagoa quando a maré estiver alta e de fechar o canal quando a maré estiver baixa. Isso será feito até a época de chuvas chegar”, disse Renato.

Morador da Barra de Maricá há 48 anos, o aposentado Mauro José Fernandes, de 75 anos, apoiou a iniciativa.

“Estamos sentindo que nossas lagoas estão morrendo, alguma coisa tem que ser feita mesmo, e tudo que está se fazendo para o bem, tem que dar certo”, finalizou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

1 thought on “Obras para evitar mortandade de peixes em Maricá

  1. Não sei se o canal de Ponta Negra e o de Saquarema são naturais , só sei que eles são responsáveis pela revitalização daqueles espelhos lagunar!
    A mão do homem , com ciência e não de forma impensada , ajuda a mãe natureza quando quer !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *