domingo, 24 de janeiro de 2021

Bens industriais tem queda de 1% no consumo em fevereiro

Montagem
Índice foi divulgado pelo Ipea. Foto: Agência Brasil

O Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais caiu 1% em fevereiro deste ano, na comparação com janeiro, na série com ajuste sazonal. O dado mede a produção industrial interna não exportada, acrescida das importações, e foi divulgado hoje (15) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Na comparação anual, com fevereiro de 2019, o Indicador subiu 1,2%. Em janeiro o indicador tinha registrado alta de 11,1% e fechou o trimestre móvel encerrado em fevereiro com recuo de 3,4%. O acumulado de 12 meses fechou com ligeira queda no consumo aparente, de -0,1%, e a produção industrial, medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulou baixa de 1,2%.

Segundo o Ipea, entre os componentes do consumo aparente, houve retração de 1,4% na demanda interna por bens industriais nacionais e avanço de 0,2% nas importações. Fevereiro registrou alta de 6,2% no consumo aparente de bens de capital e de 1,1% nos bens de consumo duráveis, enquanto os bens intermediários tiveram queda de 1%.

Por classes de produção, houve leve alta de 0,4% na demanda interna por bens da indústria de transformação. A indústria extrativa mineral recuou 12,1%, depois do avanço de 28,3% registrado em janeiro. Dos 22 segmentos da indústria de transformação, dez subiram no período, com destaque para máquinas e equipamentos, que cresceu 9,8% em fevereiro.

Publicada às 12h53

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *