quinta, 26 de novembro de 2020

Coronavírus: 6 mortes e 621 casos confirmados no Brasil

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, divulgou os dados durante entrevista coletiva. Foto: Agência Brasil

O número de casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) chegou a 621, na tarde desta quinta-feira (19), em todo o país, de acordo com o Ministério da Saúde. Somente no estado do Rio de Janeiro, já são 65 pacientes infectados, com dois óbitos. O maior número de infectados é em São Paulo, com 286, e quatro mortes confirmadas.

São Paulo segue como foco da disseminação do vírus, com 286 casos. Em seguida vêm Rio de Janeiro (65), Brasília (42), Bahia (30), Minas Gerais (29) e Rio Grande do Sul e Pernambuco (28). Além desses estados, foram registrados casos no Paraná (23), Santa Catarina e Ceará (20), Goiás (12), Espírito Santo (11), Mato Grosso do Sul (sete), Sergipe (seis), Alagoas (quatro), Acre e Amazonas (três) e Pará, Tocantins, Rio Grande do Norte e Paraíba (um).

A partir desta quinta-feira (19), o Ministério da Saúde deixará de trabalhar com casos suspeitos, passando a divulgar apenas as situações confirmadas e as mortes decorrentes da doença resultante da infecção pelo vírus.

A transmissão comunitária (quando as autoridades não identificam mais a cadeia de infecção ou esta já possui cinco gerações) foi identificada no estado de São Paulo, no estado do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Santa Catarina, Pernambuco e Porto Alegre. Essa é a modalidade mais preocupante, pois ela implica em uma disseminação maior e menos controlada do vírus.

Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, os números mostram que o crescimento não está ocorrendo de forma localizada, mas no conjunto do país.

“Estamos vendo uma tendência mais nacional. Se levantar em bloco vai ser muito mais difícil de monitorar”, declarou.

Com isso, continuou o ministro, o papel dos cidadãos ganha importância nas medidas de prevenção, como higienização, e de contenção, como o isolamento. Isso porque a preocupação é com a sobrecarga do sistema de saúde.

Sétima morte

Nesta quinta-feira (19), o estado de São Paulo confirmou a quinta morte relacionada a Covid-19. De acordo com o governo estadual, trata-se de um homem de 77 anos, com comorbidade, que residia na capital. No entanto, esse caso ainda não foi notificado pelo Governo Federal.

Com informações da Agência Brasil.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *