quinta, 21 de janeiro de 2021

Covid-19: Fernando de Noronha tem novo protocolo de segurança

- site oficial
Fernando de Noronha registrou 297 casos de Covid-19 até esta quarta (16). Foto: Governo de Estado de Pernambuco

De acordo com o Governo do Estado de Pernambuco, irá entrar em vigor na próxima segunda-feira (21), a terceira fase de flexibilização do turismo em Fernando de Noronha. A entrada de visitantes só será permitida após as pessoas que não tiveram Covid-19 realizarem o exame até 48 horas antes da viagem.

Anteriormente, o teste era feito em até 24 horas ou no dia do embarque, e o resultado negativo, obtido através do exame RT-PCR, deveria ser apresentado no balcão da companhia aérea, no momento do embarque para a ilha, no aeroporto de origem. Uma cópia do laudo entregue no desembarque deve ficar em Noronha.

Já para aquelas pessoas que tiveram o diagnóstico da doença, deve ser apresentado o exame RT-PCR com o resultado positivo realizado no mínimo 20 dias antes do embarque ou, no máximo, 90 dias antes. Também vale o exame reagente de IgG por sorologia (de sangue), feito, no máximo, 90 dias antes da viagem para a ilha.

As medidas foram publicadas, na última quarta-feira (16), no Diário Oficial de Pernambuco, visando conter o avanço do contágio do novo coronavírus. O protocolo deve ser seguido por turistas, trabalhadores, empreendedores e moradores permanentes ou temporários.

Os exames de saída serão por amostragem. Será feito um sorteio automático, através do sistema do Controle Migratório, de 30% dos passageiros de cada voo ou embarcação que chega à Ilha. As pessoas sorteadas vão precisar fazer um novo teste RT-PCR.

Com o novo protocolo, fica mantida a ampliação no número de voos para a ilha prevista para o mês de dezembro, passando de 17 para 24 voos semanais.

Números

Fernando de Noronha registrou, até esta quarta-feira (16), 297 casos de Covid-19, sendo 228 casos em Noronha e 69 casos importados. Desse total, 273 pessoas já estão curadas e 24 permanecem em quarentena. Nenhum óbito ou caso mais grave aconteceu por conta do coronavírus no arquipélago.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *