terça, 29 de setembro de 2020

Mulheres são maioria com nota 1.000 na redação do Enem

Mais de 60% das notas mil foram mulheres. Foto: Arquivo

A maioria dos 53 autores das redações nota 1000 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 é composta por mulheres (32). As idades dos participantes variam entre 16 e 28 anos e eles são de 16 estados e do Distrito Federal. O tema desta edição foi Democratização do acesso ao cinema no Brasil. O texto deveria ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvido a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. O Estado do Rio computou seis redações com nota máxima.

As redações com nota máxima são de estados do Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste: Alagoas (1); Bahia (1); Ceará (6); Distrito Federal (2); Goiás (4); Maranhão (1); Mato Grosso do Sul (1); Minas Gerais (13); Paraíba (1); Pará (2); Pernambuco (1); Piauí (2); Rio Grande do Norte (3); Rio Grande do Sul (3); Rio de Janeiro (6); São Paulo (4).

Nota zero – Redações com menos de sete linhas recebem nota zero, assim como as que reproduzem integralmente trechos dos textos motivadores e de itens do Caderno de Questões.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) avalia o desempenho escolar ao final da educação básica. Realizado anualmente pelo Inep, desde 1998, o Enem contribui para o acesso à educação superior. Além disso, os resultados no exame também permitem o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *