sábado, 05 de dezembro de 2020

Agentes atuam no combate ao aedes aegypti em Maricá

Dengue
Equipes da Vigilância Epidemiológica vistoriam locais com possíveis focos de proliferação. Foto: Divulgação/ Ascom

O combate aos focos do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, continua em todos os bairros do município. De acordo com a equipe de Vigilância Epidemiológica de Maricá, um total de 169 agentes de saúde realizam visitas a casas em busca de locais que são identificados como possíveis focos de proliferação do inseto, como vasos de plantas, caixas d’água, garrafas e pneus, aplicando larvicida.

De acordo com o órgão, as visitas domiciliares têm como objetivo também o de orientar os moradores sobre ações simples que podem contribuir no combate ao mosquito. Neste ano, a Vigilância Epidemiológica registrou até agora 19 notificações de dengue, sendo dois casos confirmados, três em análise e 14 descartados. Já a chikungunya teve 29 casos notificados com 12 positivos, 15 descartados e dois em análise. Houve ainda 11 notificações para zika, das quais oito foram descartadas e três sendo analisados, não havendo assim nenhuma confirmação.

Para agendar a visita dos agentes de saúde, basta fazer contato Disque Dengue, através do telefone 2637-0091, e as denúncias de focos do mosquito devem ser feitas à Ouvidoria da Secretaria de Saúde, pelos telefones 2637-3926 e 99140-0674.

Publicada às 8h20

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *