sábado, 19 de setembro de 2020

Aglomeração em inauguração de loja na Zona Oeste do Rio

Imagens: Divulgação

A inauguração de uma loja atacadista de utensílios domésticos que aconteceu na última quinta-feira (20), na Taquara, Zona Oeste do Rio, causou aglomeração e corre-corre. O evento aconteceu em meio a uma pandemia causada pelo novo coronavírus, que já registra 113 mil mortes. O estabelecimento acabou sendo multado pela Guarda Municipal do Rio.

Através de imagens, que foram amplamente divulgadas nas redes sociais, é possível notar dezenas de pessoas aguardando a abertura. No momento em que os portões do estabelecimento são levantados, os clientes começam a forçar a entrada e empurrar para passar pelos funcionários da loja.

No vídeo, uma grande parte das pessoas usa máscara, porém, alguns ignoram totalmente as medidas de proteção e resolvem arriscar a própria vida e a de outros em meio a multidão.

Antes da inauguração, a rede usou as redes sociais para divulgar os preços ‘imbatíveis para os 100 primeiros clientes’. Alguns itens como panela de pressão, cadeira de praia e caixa térmica para 30 latas custavam R$ 9,95.

Autuação

Loja acabou sendo multada. Foto: Divulgação

Em patrulhamento no bairro da Taquara, na Zona Oeste, uma equipe da 7ª Inspetoria da Guarda Municipal (Praça Seca) presenciou a multidão na loja Tubarão e multou o estabelecimento por aglomeração, incluindo fila.

Segundo a Guarda, o responsável pela loja foi orientado pelos guardas municipais e o local será monitorado pela Inspetoria, que cobre a região de Jacarepaguá.

Já a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização, da Secretaria Municipal de Fazenda, multou o estabelecimento Tubarão Atacadão por funcionamento sem alvará. A multa tem valor de R$ 891,59 e caso o estabelecimento permaneça em desobediência poderá ainda ser interditado. O local será mantido sob fiscalização. 

Posicionamento

Através de nota, a rede informou que implementou, em sua rotina, todos os cuidados em relação às normas de prevenção à pandemia de Covid-19, como, por exemplo, limitação a 50% da capacidade de atendimento de cada loja, uso obrigatório de máscara de proteção e disponibilização de álcool em gel.

“Por ocasião da inauguração da filial Taquara, houve um acúmulo inesperado de pessoas, que logo foi controlado pela empresa, mediante organização de filas com o devido distanciamento social, controle de entrada em mais de um acesso à loja e em grupos restritos de pessoas, como demonstram as fotos anexas”, disse a empresa.

Imagem enviada pela assessoria da loja, que informa que houve organização das filas. Foto: Divulgação
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *