quarta, 27 de janeiro de 2021

Alerta: Indicador dispara e Niterói pode voltar a fechar

Avanço no indicador pode resultar em novas restrições na cidade. Foto: Marcelo Tavares / Arquivo

Faltando menos de 48 horas para a chegada do dia 1º, Niterói se aproxima de retroceder para novas restrições, com fechamento de vários setores na cidade. Isso porque o indicador síntese acaba de atingir 9.6 no sinal da semana que vai de 28 de dezembro a 3 de janeiro. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (30) pela prefeitura.

O indicador síntese é composto de 12 critérios: como número de leitos disponíveis, casos confirmados e número de óbitos, e orienta o Plano de Transição Gradual para o Novo Normal.

Fonte: Prefeitura de Niterói

No decorrer da pandemia, o governo vem explicando que se o indicador atingir 10, a cidade chega ao estágio laranja – atenção máxima, e novas medidas de restrição poderão ser implantadas.

A cidade permanece no estágio amarelo nível 2 – alerta máximo e o indicador síntese da última semana apontava para 8.8, representando alta de quase dois pontos em pouco mais de sete dias.

Quando o indicador chegar em 5, cenário ainda distante na cidade, o município passa para o estágio amarelo nível 1 – alerta, e novas atividades são permitidas.

Casos

Nesta terça-feira (29) a cidade atingiu a marca de 22.418 casos de coronavírus no somatório dos últimos dez meses, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Ao todo, são 21.492 pessoas curadas, 145 em isolamento, 170 hospitalizadas e 611 óbitos.

O governo alerta que para ajudar a diminuir os impactos da pandemia e cuidar da sua saúde, é fundamental respeitar as regras de distanciamento social e uso correto da máscara.

Niterói tem um sistema de cores para identificar os estágios do combate ao coronavírus na cidade e os níveis de restrição de circulação e isolamento social colocados em prática.

Os estágios têm as cores preta (situação extremamente grave da pandemia), vermelho (situação muito grave, com restrições de circulação mais rígidas – estágio atual), laranja (atenção máxima) e amarelo (alerta).

O sinal verde só deverá ser adotado quando estiver disponível uma vacina contra a Covid-19.

Calamidade no Estado

O Governo do Estado renovou até 1º de julho de 2021 o Estado de Calamidade Pública devido a situação de emergência causado pelo novo coronavírus. O decreto foi publicado em Diário Oficial nesta terça (29).

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) até esta terça foram registrados 426.259 casos confirmados e 25.078 óbitos por coronavírus (Covid-19) no estado. Há ainda 573 óbitos em investigação e 2.457 foram descartados. Entre os casos confirmados, 396.095 pacientes se recuperaram da doença.

A SES esclarece que os 136 óbitos registrados nesta terça não aconteceram todos no mesmo dia; ocorreram entre as semanas epidemiológicas 27 a 53.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *