terça, 27 de outubro de 2020

Alta no etanol e no diesel preocupa donos de postos

Os donos de postos estão preocupados com alta de preços dos combustíveis que estão recebendo desde a virada do ano. Em todo o estado do Rio de Janeiro o etanol já está chegando aos revendedores cerca de 7,2% mais caro, em função da disparada da alíquota do ICMS. Ela saltou de 25% para 32% no dia 1º, por ter expirado a validade do Decreto nº 36.112, de 25 de agosto de 2004, que há 14 anos mantinha o patamar mais baixo, para que o RJ não perdesse competitividade com o mercado de São Paulo.

Também desde o dia 1º, em âmbito nacional há ainda a alta de 2,5% no preço do diesel nas refinarias, devido ao fim do subsídio que havia sido acertado entre o governo federal e os caminhoneiros, após paralisação destes, no fim de maio de 2018.

“Esses aumentos nos preocupam porque tendem a causar impacto negativo no volume de vendas, uma vez que o consumidor, de uma maneira geral, já vem agindo de forma extremamente cautelosa. E nem todos compreendem que muitas vezes, como agora com o diesel e o etanol, os preços sobem por causa de leis ou impostos”, comentou Ronald Barroso do Couto, presidente do SINDESTADO-RJ, sindicato que representa os donos de postos estabelecidos no estado do Rio.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *