sexta, 30 de outubro de 2020

Alunos de Maricá se destacam em universidades públicas

Alunos de curso gratuito da prefeitura passam em 1° lugar em universidades públicas. Foto: Fernando Henrique Marins/Ascom Maricá

O Pré-Enem Popular, programa oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Maricá e que prepara os alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), já conseguiu mais de 200 aprovações somente no ano de 2019. Em grande parte delas, os estudantes se classificaram em primeiro lugar em importantes instituições de ensino como Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

É o caso de três jovens moradores de Maricá: Maria Fernanda de Oliveira, de 19 anos, que conquistou o 1º lugar no curso de Desenho Industrial na UFF; Douglas Nascimento, de 18 anos, que conseguiu o 1º lugar no curso de Turismo pela UERJ; e Laura de Azeredo, de 17 anos, que passou para o curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação pela UFRJ.

Morador de Itaipuaçu, Douglas Nascimento optou por se matricular no Pré-Enem a fim de prestar o vestibular para o curso de Turismo. Além de assistir às aulas do projeto, que duravam cerca de três horas, ele mantinha uma rotina de estudo em casa.

“As pessoas que estão planejando entrar na faculdade e não têm uma oportunidade de estudar, o Pré-Enem Popular é muito bom e ajuda bastante”, avaliou.

Desde as primeiras casas feitas em rabiscos no papel quando criança, Maria Fernanda Oliveira já demonstrava o que queria como profissão. A jovem, que passou em 1º lugar no curso de Desenho Industrial, citou o comprometimento dos professores ao longo projeto.

“Nos permitir errar, acabamos aprendendo com os nossos erros. E eles (os professores) são muito abertos quanto a isso, de não termos vergonha de perguntar, fazermos as nossas ligações na cabeça porque nada é em vão. Isso sempre ajuda e com certeza me ajudou”, refletiu.

Estudando em período integral, de 7h às 18h, Laura de Azeredo contou como fez para obter o primeiro lugar no curso de Biblioteconomia Gestão de Unidades de Informação.

“O Pré-Enem me ajudou bastante. Acho que se não fosse ele, não teria tempo para estudar. Chegava em casa e a primeira atividade que ia fazer era o TCC. Mesmo se tiver cansado, o esforço vai valer a pena”, afirmou.

“O importante é transformar Maricá em uma cidade onde todo mundo quer estudar. Quero que o maricaense pense em estudar fora do país porque isso vai qualificar a cidade para que os empregos fiquem aqui. O Pré-Enem é uma porta da esperança para quem quer estudar”, reforçou o fundador do projeto, William Campos.

O projeto existe desde 2016, ano em que houve 41 aprovações. Em 2017, o Pré-Enem alcançou 112 aprovações, seguido por 128 no ano de 2018, e mais de 200 aprovados em 2019, sendo que somente com o programa Passaporte Universitário – que dá acesso gratuito ao ensino superior – esse número chegou a 167 aprovações.

A metodologia do Pré-Enem consiste em aulas de Português, com oficinas de redação; aulas de Matemática, História, Geografia; Biologia, Física, Química, Sociologia e Filosofia.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *