sábado, 24 de outubro de 2020

Ambulantes são proibidos de trabalhar em Alcântara

De acordo com a Prefeitura de São Gonçalo, a restrição é uma forma de evitar a aglomeração de pessoas, para não contrair o Covid-19. Foto: Marcelo Tavares

Vendedores ambulantes que trabalham na Rua João Caetano, também conhecida como ‘Rua da Feira’, no bairro de Alcântara, em São Gonçalo, foram impedidos de realizarem suas funções nesta terça-feira (17). Agentes da Postura e policiais militares impediram as atividades logo nas primeiras horas da manhã.

Vendedor ambulante há 20 anos, Gilvan Góes, de 52 anos, foi surpreendido assim que chegou para trabalhar.

“Os fiscais me avisaram que eu não poderia abrir minha barraquinha e disseram que só poderei voltar às atividades depois de 15 dias. Estou com poucas coisas em casa para comer, a minha renda vem daqui. Por dia eu vou deixar de lucrar R$ 500”, disse.

As lojas da região, no entanto, não tiveram o funcionamento impedido, gerando revolta em alguns vendedores ambulantes.

“Se nós fomos impedidos de trabalhar, por que as lojas não foram também? Isso é um absurdo, sempre o pobre que sofre”, disse a vendedora Maria Edina, 47 anos.

Restrições

De acordo com a Prefeitura de São Gonçalo, a restrição é uma forma de evitar a aglomeração de pessoas, para não contrair o Covid-19.

Situação de Emergência

O prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, publicou um decreto no Diário Oficial desta segunda-feira (16), declarando situação de emergência no município, em razão da pandemia do Coronavírus (Covid-19), anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A medida vale pelo período de 180 dias e afeta órgãos e entidades da administração pública direta e indireta, bem como a sociedade civil. Até o momento, a Secretaria Municipal de Saúde monitora dois casos suspeitos.

A recomendação é que toda a população colabore com as autoridades sanitárias na comunicação imediata de possíveis contatos com agentes infecciosos do Coronavírus, circulação em áreas consideradas como regiões de contaminação e manifestação de sintomas característicos (febre, tosse e dificuldade de respirar).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

1 thought on “Ambulantes são proibidos de trabalhar em Alcântara

  1. Eu estou muito resfriada e estou muito preocupada, pois fiz uma cirurgia de intestino , câncer de colo trasvesso, e estou preocupada sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *