sexta, 05 de março de 2021

Angústia e sofrimento para se vacinar em São Gonçalo

Longas filas, aglomeração e pouca informação marcaram o dia de vacinação dos idosos acima de 83 anos. Foto: Vitor Soares

Quem separou a manhã desta terça-feira (16) para se vacinar no polo sanitário Washington Luiz Lopes, no Zé Garoto, em São Gonçalo, teve que esperar por mais de uma hora para se imunizar contra a Covid-19. Longas filas, aglomeração e pouca informação marcaram o dia de vacinação dos idosos acima de 83 anos, que, acompanhados de seus responsáveis, passaram por apuros em razão da alta temperatura registrada no município.

Idosos e seus acompanhantes tiveram que improvisar com guarda-chuvas e até panos para fugir do forte sol que atingiu a cidade de São Gonçalo na manhã desta terça-feira de Carnaval.

“O que estamos passando para se vacinar aqui em São Gonçalo é desumano. Ninguém merece passar por esse tipo de situação. É muito triste uma pessoa da nossa idade ter que enfrentar fila, calor é uma aglomeração terrível para se vacinar. Lamentável. Não temos um abrigo, quem não trouxer um guarda-sol, tem grande risco de passar mal”, disse o aposentado José de Oliveira, de 85 anos.

Por volta das 10h, os profissionais de saúde que trabalham na unidade fizeram uma espécie de acampamento para abrigar os idosos no local utilizado para estacionamento do pólo.

Os postos de vacinação em São Gonçalo são os seguintes: Polo Sanitário Hélio Cruz, em Alcântara; Polo Sanitário Washington Luiz, no Zé Garoto; Clínica Gonçalense do Mutondo; Clínica Gonçalense Dr. Zerbini, no Arsenal e Unidade Municipal de Pronto Atendimento (Umpa) de Nova Cidade.

As cinco unidades de saúde têm drive-thru e vão funcionar terça (16) e quarta (17) normalmente, sempre das 8h às 17h, para aplicação das vacinas. Os idosos com mais de 90 anos têm prioridade nas filas.

Questionada a respeito das filas e reclamações de idosos e acompanhantes, a Prefeitura de São Gonçalo ainda não respondeu.

Vacinação segue nos próximos dias

Na quarta-feira de Cinzas (17) a vacinação segue para os idosos a partir dos 83 anos e, na quinta-feira (18), entram os idosos a partir de 81 anos. Além dos idosos, profissionais de saúde com mais de 60 anos, que trabalham em hospitais da cidade ou que moram em São Gonçalo e atuam em hospitais de outras cidades também podem se vacinar. São eles: enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem, médico, fisioterapeuta, nutricionista, odontólogo, fonoaudiólogo, psicólogo, biólogo, farmacêutico, assistente social, biomédico e auxiliar e técnico de saúde bucal.

Documentação solicitada para vacinação

Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de São Gonçalo e moram na cidade.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação.

Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em unidades hospitalares de São Gonçalo e que residem em outros municípios.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar de São Gonçalo, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação.

Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de outros municípios e residem em São Gonçalo.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar, comprovante de residência de São Gonçalo, CPF ou cartão do SUS e carteira de vacinação.


Idosos (idades definidas de acordo com o calendário)

Documentos solicitados: identidade, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência e carteira de vacinação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *