segunda, 18 de janeiro de 2021

Após surto de Covid-19, Maricá disputa seu jogo mais importante

Está chegando a hora. Nesta quarta-feira (9), o Maricá Futebol Clube disputa a partida mais importante da sua história. Diante do Sampaio Corrêa, no Alzirão, o time precisa apenas de um empate para garantir o acesso à Primeira Divisão do Campeonato Carioca.

Após vencer a Taça Corcovado, o segundo turno da Série B1, o Tsunami da Região Oceânica conseguiu a importante vantagem de duas igualdades na semifinal geral para avançar. Após empatar a primeira partida por 0 a 0, no Estádio Lourival Gomes de Almeida, basta repetir o resultado para cumprir a missão.

União é o ponto forte do time do Maricá. Foto: Pedro Conforte

Na final anterior, diante do Nova Iguaçu, o Maricá atingiu o auge de contaminação dentro do grupo. Foram 20 infectados pelo novo coronavírus, sendo 9 jogadores – que ficaram de fora da partida decisiva. Mesmo assim, com muita superação, o MFC conseguiu levar o duelo para os pênaltis e levantar a taça.

Em declaração ao Plantão Enfoco, o técnico Marcus Alexandre mostrou confiança na vaga e orgulho pelo trabalho realizado até aqui.

— O Maricá trabalhou muito para chegar neste momento decisivo. Mas o trabalho deu início no ano passado para chegar onde chegou. Junto do nosso diretor, escolhemos a dedo o elenco para a disputa da Série B1. Boa parte dos atletas já trabalhou conosco no ano passado e temos um ambiente saudável e bom de trabalhar. Isto facilita bastante. E nada é por acaso: hoje não temos o apoio do torcedor fisicamente, mas sabemos do reconhecimento deles por entrarmos para a história do clube. Amanhã será mais uma batalha para nós e mais um passo para o tão sonhado acesso.

O jogo decisivo contra o Sampaio Corrêa, às 15h, será transmitido ao vivo através do canal oficial do clube.

Maricá fará “esquenta” em seu canal oficial. Foto: Reprodução

Mas antes disso, na noite desta terça (8), às 21h, será feito o “esquenta” para o jogo, em uma live também no canal oficial, com a participação de Wanderson Imperador.

Na outra chave, Duque de Caxias e Nova Iguaçu batalham pela outra vaga na final da Série B1 e também pelo acesso à Série A. Os jogos acontecem simultaneamente.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *