quarta, 21 de outubro de 2020

Atividades pedagógicas são entregues a alunos de áreas rurais em Itaboraí

Atividades pedagógicas são entregues para alunos da rede municipal. Foto: Augusto Junior/Ascom Itaboraí

A Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo (Sectur), continua realizando a entrega de atividades pedagógicas para alunos da rede municipal. A ação tem como objetivo minimizar o impacto na vida escolar dos alunos neste período de quarentena, devido à pandemia causada pelo Covid-19.

Na manhã da última segunda-feira (25), os alunos da Escola Municipal Adilson Rodrigues Soares, em Montevideo, receberam mais uma etapa das atividades pedagógicas impressas. Dentro do plano de ação da escola junto a Sectur, os profissionais da Educação levaram as atividades através do ônibus escolar da rota, em domicílio ou em pontos específicos próximo à casa dos alunos. A escola atende aproximadamente 100 alunos, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental l.

“Para evitar prejuízos aos estudantes que não possuem computadores e acesso à internet, a Sectur tem utilizado outras ferramentas, incluindo a disponibilização física do material nas escolas e em áreas rurais estão recebendo a domicílio. O objetivo das atividades é aproximar a criança desse ambiente escolar, assim buscando dar uma continuidade ao processo de aprendizagem”, disse o secretário municipal da Sectur, Osório de Souza.

São entregues aos estudantes livros para leitura, exercícios, atividades lúdicas, entre outros, dependendo da realidade da escola. A entrega e a devolução das atividades completas estão sendo realizadas quinzenalmente, em horários previamente agendados pela escola a fim de evitar aglomerações e a exposição tanto dos pais quanto da equipe diretiva. Esta é uma forma para que os alunos aprendam em casa e credenciem presença, mesmo com as lições a domicílio.

“Cuido dos meus três netos e eles têm feitos os exercícios com muita dedicação, acho que é uma forma deles terem uma responsabilidade de fazer as atividades e entregar nas datas combinadas. Outra coisa que gostei muito foi que hoje eles ganharam máscaras para se protegerem do vírus. Agradeço aos professores por estarem presentes neste momento”, afirmou Rose da Silva moradora de Montevideo.

A diretora Getúlia Marins explicou que no mês de abril a equipe diretiva fez uma pesquisa nos bairros ao redor da escola para consolidação do projeto “Resiliência”, que visa levar a continuação da aprendizagem para todos os alunos da escola, mesmo os que moram em áreas mais distantes. Já no mês de maio as atividades começaram a ser entregues aos estudantes.

“É uma enorme satisfação, saber e ver que os nossos alunos estão sendo acompanhados, mesmo em meio a essa quarentena, que ocasionou na suspensão das aulas presenciais. Nossa escola foi uma das primeiras a iniciar as aulas a distância, não tem sido fácil, mas nós estamos nos reinventando”, contou a diretora ressaltando que foram entregues, junto às atividades escolares, mais de 100 máscaras de tecido.

Durante o trajeto no ônibus escolar era visível à emoção dos profissionais ao entregar as atividades e receber o carinho dos pais. A inspetora de alunos, Renata Cordeiro relatou emocionada que já está com saudades de seus alunos. “Nós estamos muito felizes em ver a alegria deles, muitos nos mandam recados cheios de carinho. O que eu espero é que tudo isso passe logo para que possamos voltar às aulas presencias”, relatou Renata.

“Estou gostando muito das aulas, vejo que as crianças estão bem participativas e também observo o desempenho da diretora com os alunos. Agradeço de coração pela dedicação que tem com nossos filhos, parabéns. Sempre que posso, acompanho um pouquinho das aulas e vejo o quanto está sendo importante”, disse Adriana, mãe de Paola que é uma das alunas da Escola Municipal Adilson Rodrigues Soares, em Montevideo.

O Projeto Plataforma Digital é outra ferramenta que possibilita apoio escolar para aprendizagem dos alunos. As aulas com atividades pedagógicas estão disponíveis na Plataforma Digital que funciona em computadores e celulares. O acesso para estudantes, professores e pais pode ser feito através do site.

Publicada às 18h

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *