sexta, 16 de abril de 2021

Ato em memória de vítimas da ditadura é realizado no Centro de Niterói

Manifestantes se reuniram em frente à Delegacia do Centro de Niterói em memória às vitimas da ditadura da militar. Foto: Divulgação

Representantes de diferentes movimentos sociais promoveram na manhã desta quinta-feira, (1º) um ato simbólico em repúdio aos 57 anos do golpe militar de 1964 e em homenagem às vítimas da ditadura militar em frente à Delegacia do Centro (76ª DP). O prédio, onde atualmente funciona a distrital, na Avenida Ernani Amaral Peixoto, funcionava braço do DOI-CODI, órgão de inteligência e repressão do governo brasileiro.

Subordinado ao Exército, as unidades do órgão foram centros de tortura e assassinatos de pessoas que se opunham à ditadura militar.

Com faixas e cartazes, os manifestantes foram para frente do prédio mostrar rostos de vítimas do regime.

“Descomemorar o golpe de 1964 é muito importante, pois é fundamental lembrar todo o mal causado pelo regime ditatorial para que não se repita nunca mais”

Danielle Bornia, funcionária de escola da Rede Municipal de Niterói
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');