sábado, 05 de dezembro de 2020

Aulas onlines para estudantes da rede municipal em Maricá

Ações devem chegar a 20 mil alunos da rede municipal de educação. Foto: Divulgação/Ascom Maricá

A Prefeitura de Maricá anunciou nesta segunda-feira (4) que em virtude do isolamento social, vivido em decorrência da pandemia de Covid-19, todas as escolas municipais da cidade que atualmente permanecem fechadas passarão a disponibilizar aulas e atividades onlines aos 20 mil alunos da rede.

“Essas aulas serão ministradas remotamente pelos nossos profissionais através de vários meios, entre eles, livros didáticos, conteúdos áudios visuais, podcasts, conteúdos impressos, redes sociais, Whatsapp, videoaulas no YouTube, além de uma plataforma digital que em breve iremos disponibilizar aos nossos alunos”, esclareceu Adriana Luiza da Costa, secretária de Educação

A secretária reconhece que muitos alunos não tem acesso à internet. “Esses serão contemplados com outros formatos de aulas remotas, onde forneceremos apostilas, livros específicos e muitas outras possibilidades. O importante é que todos saibam que nenhum aluno vai ficar descoberto”, garantiu Adriana.

Adriana disse que o conceito de aula remota é amplo e que se destina não somente a acesso a internet, mas sim que remete a toda metodologia de aula dada fora do espaço físico escolar.

Segundo o subsecretário de Gestão da Educação Básica, Rodrigo de Moura Santos, diante de tanta especificidade cada umas das 65 escolas municipais de Maricá fará seu próprio projeto de realinhamento pedagógico e será responsável por entregar os materiais aos seus alunos, identificar suas limitações, além de identificar os que realmente terão acesso à plataforma digital da Educação.

“Todo o material utilizado é interligado, ou seja, as vivências pedagógicas e as orientações são as mesmas, mas cada escola vai discutir a sua própria realidade e identificar a melhor metodologia de acordo com as necessidades dos seus alunos. A Secretaria de Educação vai dar os meios, mas é a escola que vai fazer um direcionamento personalizado, pois sabemos que nosso município é muito diverso. Cada região tem uma necessidade específica e cada escola vai enfrentar realidades diferentes”, avaliou Rodrigo.

O subsecretário reforçou que a participação dos responsáveis é fundamental nesse período. “Além do nosso portal, do qual já estamos criando logins individuais para os nossos alunos, também vamos criar um canal no YouTube com o objetivo de disponibilizar vídeoaulas, oficinas e atividades de integração família/escola”, anunciou Rodrigo.

“Neste momento temos que restabelecer os laços. Mesmo fechadas nossas escolas permaneceram enviando mensagens de apoio, atividades de leitura e exercícios de matemática, mas agora queremos e precisamos restabelecer os laços e para isso contamos com o apoio dos responsáveis de cada um dos nossos alunos”, pediu o subsecretário.

Rodrigo destacou ainda que tudo está sendo feito dentro do prazo e da seriedade que se faz necessário e que assim que estiver implantado o portal da Educação poderá ser acessado de diversos dispositivos como computador, tablets e celulares. Já o material impresso, as escolas divulgarão o seu calendário.

Publicada às 22h56

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *