domingo, 25 de outubro de 2020

Aulas são suspensas em escolas de Niterói

As escolas continuarão abertas e será feita entrega das refeições que seriam dadas as crianças. Foto: Divulgação

As aulas da rede municipal de Niterói foram canceladas por 15 dias, período que ainda pode ser estendido. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves, na noite deste sábado (14), durante reunião com secretários de diversas pastas. A transmissão ao vivo foi feita através do Facebook, com duração de 24 minutos.

Mesmo com as aulas suspensas pelo prazo de 15 dias, inicialmente, as diretoras e diretoras-adjuntas das unidades municipais farão um mapeamento completo dos alunos em vulnerabilidade social em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social para garantir a distribuição de 30 mil cestas básicas às famílias já na próxima semana.

A logística da distribuição dos alimentos ainda será definida pela pasta.

Outra medida revelada por Neves é a não cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) pelos próximos 3 meses, devido aos prejuízos do comércio na cidade. Cerca de R$ 100 milhões deixarão de ser cobrados ao setor privado durante o período.

“Isso vai dar uma aliviada ao setor privado e ao setor produtivo da cidade, porque evidentemente terão setores com problemas no capital de giro em função das medidas de contenção e de isolamento social que precisam ser tomadas”, explica Neves.

Também foi autorizada a suplementação orçamentária para a área de Saúde, para assegurar recursos na luta contra o vírus. Os valores serão informados de acordo com a estratégia de combate à disseminação do coronavírus na cidade e os protocolos internacionais.

Na próxima terça-feira (17) o Gabinete de Crise se reunirá com a rede privada de saúde para traçar em conjunto protocolos de atuação.

Ainda neste sábado, todos os eventos culturais e esportivos, além de feiras de artesanato e produtos orgânicos, já haviam sido suspensos por determinação do Gabinete de Crise também por 15 dias.

Igrejas e templos 

O prefeito Rodrigo Neves conversou com as principais lideranças religiosas da cidade e recomendou que os cultos, missas e manifestações religiosas presenciais sejam suspensas.

“Importante que todas as denominações religiosas sigam essa recomendação e não tenhamos cultos ou missas em Niterói para seguirmos o protocolo de não termos aglomeração de pessoas”, disse Rodrigo Neves.

“Vamos sair mais fortes dessa situação, evidentemente difícil. Não podemos, de maneira nenhuma, transmitir pânico ou fake news. Vamos cuidar da cidade e proteger cada cidadão de Niterói”, pontua.

Transparência 

O Gabinete de Crise fornecerá diariamente informações e atualizações da situação de Niterói, além de tirar dúvidas da população pelos canais oficiais da Prefeitura de Niterói. A cada dois dias, o prefeito fará pronunciamento com as principais medidas tomadas na cidade.

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro registrou 24 casos de coronavírus (Covid-19) e 76 suspeitos no estado do Rio de Janeiro, até o final da tarde deste sábado (14). Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira: Rio de Janeiro (22), Niterói (1) e Barra Mansa (1), sendo 10 homens e 14 mulheres.

Todos estão em isolamento domiciliar e apresentam estado de saúde estável. A SES esclarece ainda que registrou os primeiros casos de transmissão comunitária na capital fluminense.

São Gonçalo

A Prefeitura de São Gonçalo publicou decreto extraordinário na noite desta sexta-feira (13), em Diário Oficial, adotando critérios para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional, em decorrência do Coronavírus.

Dentre as medidas, o recesso escolar na Rede Municipal de Ensino será adiantado para o período entre 16 e 27 de março, podendo o ato ser prorrogado conforme orientação da Secretaria Estadual de Saúde.

Maricá

A Prefeitura de Maricá divulgou na tarde deste sábado (14) que as aulas da rede municipal de Educação estão suspensas por tempo indeterminado. A decisão foi tomada pelo prefeito Fabiano Horta em conjunto com o Gabinete de Ação.

Itaboraí

Itaboraí também decidiu suspender as aulas da rede municipal de ensino, mas apenas na segunda-feira (16), pelo menos neste primeiro momento. De acordo com a Prefeitura, ainda na segunda serão divulgadas novas informações sobre a continuação ou não da suspensão das aulas e como será tratada a compensação dos dias letivos.

Rio

As aulas na rede estadual de ensino do Rio também estão suspensas a partir da próxima segunda-feira (16), segundo informou o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes.

Em vídeo compartilhado na sexta-feira (13) entre profissionais da rede, o responsável pela pasta de Educação no estado alerta que houve necessidade de antecipar o calendário de férias escolares, prevista para junho, para a próxima segunda, por conta da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

Secretário estadual Pedro Fernandes anunciou a suspensão das aulas. Imagens: Governo do Estado
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *