segunda, 23 de novembro de 2020

Caixa distribui R$ 20 bilhões para empresas na pandemia

Banco, caixa, Agência Bancária, fila
Ao todo, mais de 168 mil empresas fecharam contratos. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal (CEF) atingiu, nesta segunda-feira (5), a marca de R$ 20 bilhões disponibilizados para o setor durante a pandemia do novo coronavírus. Ao todo, mais de 168 mil empresas fecharam contratos com taxas e condições especiais para enfrentar os efeitos que a pandemia de Covid-19 provoca na economia.

O presidente Pedro Guimarães reforça o posicionamento da CAIXA em ser o banco de todos os brasileiros, tendo como foco estratégico de sua gestão o apoio ao pequeno e microempresário brasileiro. “São eles que movem a economia do país. Geram renda e emprego. Nada mais justo que o banco de todos os brasileiros, em especial dos mais humildes, ofereça apoio e auxilie os microempresários do país a superar essa crise”, avalia.

A CAIXA foi a primeira instituição financeira a operar a linha de crédito do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), iniciando as contratações no dia 16 de junho. Esta linha foi criada especificamente para auxiliar as micro e pequenas empresas durante a crise do novo coronavírus, sendo que, mais de 123 mil empresas já fecharam contrato, liberando mais de R$ 11,4 bilhões para a economia.

No dia 1, a CAIXA recebeu nova tranche de recursos, e assim segue emprestando o Pronampe, até o limite de R$ 2 bilhões, disponibilizado do Fundo Garantidor de Operações (FGO).

No dia 24 de agosto, a CAIXA passou a disponibilizar nova linha de crédito para capital de giro com garantia do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), no âmbito do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC), instituído pela Medida Provisória n° 975/2020, que foi convertida na Lei nº 14.042/2020. Essa nova linha foi criada para facilitar o acesso ao crédito às empresas de pequeno e médio porte frente aos impactos econômicos decorrentes da pandemia da COVID-19.

O Giro CAIXA FGI disponibilizou R$ 5,1 bilhões para 14 mil empresas.

A linha continua aberta, com prazo total da operação de até 60 meses, sendo que para as pequenas empresas a taxa de juros é a partir de 0,63% ao mês, a depender da garantia ofertada, com prazo de carência de 9 até 12 meses. A taxa de juros para as médias empresas é a partir de 0,53% ao mês.

As operações de crédito mencionadas poderão ser utilizadas para investimentos e capital de giro isolado ou associado ao investimento. Dessa forma, além de poderem realizar reformas e adquirir máquinas e equipamentos, empresas também poderão utilizar os recursos para despesas operacionais, como pagamento de salário de empregados, compra de matérias-primas, mercadorias, entre outros.

O presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, ressalta que o banco vai estar sempre ao lado do empreendedor brasileiro. “Estivemos ao lado dos empreendedores do país no momento mais difícil da pandemia. Agora, vamos seguir juntos e apoiá-los na retomada do crescimento da economia”, afirmou Guimarães.

O Programa Emergencial de Acesso ao Crédito – PEAC Maquinhas – foi instituído pela Lei Nº 14.042, de 19 agosto de 2020, que consiste em viabilizar linha de crédito garantido por cessão fiduciária de recebíveis a constituir em arranjo de pagamento a Microempreendedores Individuais (MEI), microempresas e empresas de pequeno porte, que possuam volume faturado nos arranjos, com o objetivo de gerar emprego e renda, como enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Esse programa é uma alternativa de empréstimos que tenham como garantia os direitos creditórios de recebíveis futuros de cartões, dispensando a exigência de aval ou garantias reais.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

1 thought on “Caixa distribui R$ 20 bilhões para empresas na pandemia

  1. Mentira ,tenho empresa mei e a caixa diz que nao tem empréstimo
    MEI A CAIXA NÃO EMPRESTA
    TRABALHO COM EVENTOS E PRECISO DE CAPITAL DE GIRO,POIS QUASE 7 MESES PARADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *