segunda, 17 de maio de 2021

Cancelada paralisação de rodoviários em Niterói e região

Publicada às 7h18. Atualizada às 17h04.

Passageiros, Terminal, Terminal rodoviário, Centro de Niterói
Paralisação foi cancelada nesta segunda-feira (26). Foto: Arquivo/ Vítor Soares

A paralisação dos rodoviários, marcada para acontecer em Niterói, São Gonçalo e Itaboraí entre as 5h30 e 8h desta segunda-feira (26), foi cancelada. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários de Passageiros de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) nas primeiras horas da manhã.

“A paralisação foi cancelada, pois as prefeituras de Niterói e Maricá aceitaram as nossas reivindicações. Eles entenderam que os rodoviários se encaixam na categoria essencial”.

Adriano Félix, diretor do Sintronac

Ainda de acordo com o diretor do Sintronac, o cancelamento da paralisação também ocorre para conscientizar autoridades de São Gonçalo e Itaboraí.

“Queremos que eles se sensibilizem com a nossa categoria, pois já tivemos 51 óbitos e muitos infectados devido ao trabalho direto com o público, além de sofrer violência pelo uso obrigatório da máscara de proteção por alguns usuários”, disse.

Em Maricá, ainda esta semana, uma comissão, com a participação do sindicato, será criada para elaborar um cronograma de vacinação, que incluirá os rodoviários. O Sintronac pretende expandir a reivindicação para os demais municípios de sua área de atuação, que formam um total de 13.

“Precisamos destacar a conscientização dos rodoviários em não atingirem a população com sua reivindicação. Precisamos, contudo, lutar por mais vacinas e pela inclusão da categoria no grupo prioritário”, enfatiza o presidente do Sintronac, Rubens Oliveira.

Manifestação

Rodoviários protestam no terminal rodoviário João Goulart. Foto: Lucas Benevides

Para chamar a atenção das autoridades dos municípios vizinhos, um ato acontece em frente ao Terminal Rodoviário Presidente João Goulart, no Centro de Niterói. Com faixas e gritos, os rodoviários percorreram algumas baias do terminal e, durante o trajeto, receberam apoio de outros rodoviários que buzinavam e passageiros que aplaudiam.

Por volta de 8h, o grupo interditou a entrada e saída de ônibus na Rua Plínio Leite, que fica na parte de trás do Terminal João Goulart. Houve tumulto entre os manifestantes e um dos orientadores de trânsito.

Por conta da interdição, muitos passageiros tiveram que dar continuidade à viagem trafegando a pé até o terminal.

“Sei que é muito importante a vacinação para todos, ainda mais para os rodoviários que estão muito expostos ao vírus, mas eles poderiam fazer o protesto de uma forma que não complicasse o trânsito. O ônibus não pode entrar no terminal e nós tivemos que trafegar em local que a travessia de pedestre é proibida”.

Leticia Santana, 39 anos, passageira

Equipes da Niterói Transporte e Trânsito (Nittrans), policiais militares e guardas municipais atuam na ação.

Reunião

Neste domingo (25), a diretoria do Sintronac realizou uma reunião com a categoria para manter a paralisação nas regiões onde o sindicato atua. Na última sexta-feira (23), o prefeito de Niterói, Axel Grael, chegou a publicar no seu perfil oficial no Twitter que determinou que a Secretaria de Saúde fizesse estudo para inclusão dos rodoviários no calendário municipal de vacinação. 

Rio 

Motoristas e cobradores de ônibus e condutores de transporte escolar começam a receber as doses da vacina contra a Covid-19 na cidade do Rio de Janeiro nesta segunda (26). A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, após o prefeito Eduardo Paes afirmar que a categoria seria colocada no grupo de prioridade. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');