sábado, 26 de setembro de 2020

Carnaval garantido para o público infantil em Maricá

Pelo menos seis pontos de Maricá receberão o Carnaval da Família. Foto: Arquivo/ Plantão Enfoco

Pelo menos seis pontos de Maricá receberão, nos quatro dias de folia, o projeto “Carnaval da Família”. O anúncio foi feito nesta terça-feira (4), pelo secretário de Turismo, José Alexandre Almeida, durante visita técnica aos locais onde acontecerão os blocos da cidade.

Segundo o secretário, a proposta do projeto é levar atividades que envolvam cultura e esporte para o público infantil, com marchinhas de Carnaval e shows.

Os locais onde acontecerão os projetos são: praça de Ponta Negra; orla da lagoa de Araçatiba; praça de São José; praça do Ferreirinha, em Itaipuaçu; e condomínios Minha Casa Minha Vida (MCMV) de Itaipuaçu e Inoã.

“Teremos atividades, shows e brincadeiras para as crianças se divertirem junto com a família nos dias 21, 22, 23 e 24 de fevereiro, entre sexta e segunda-feira, sempre na parte da tarde. As programações devem ser encerradas por volta das 19h”, explicou José Alexandre.

Visita técnica

O secretário de Turismo, além da Guarda Municipal, a Secretaria de Ordem Pública, a Secretaria de Trânsito e a de Postura, estiveram em alguns pontos onde irão acontecer blocos de grande concentração na cidade, como o Tromba Nervosa, que costuma levar cerca de 20 mil foliões às ruas.

O bloco faz um percurso de cerca de 750 metros, por volta das 16h, entre a Rua 16 e a Praça do Ferreirinha, em Itaipuaçu, no domingo de Carnaval (23). A concentração acontece às 11h e por volta das 19h, acontece um show da banda Olodumaré.

Autoridades estiveram em pontos da cidade onde vão acontecer os blocos. Foto: Marcelo Tavares

“O Tromba Nervosa cria uma dificuldade em relação a mobilidade. A ideia dessa visita é trazer todas as secretarias para fazer um estudo técnico para minimizar os efeitos negativos sob o comércio e a fluidez do trânsito”, explicou o secretário de Turismo.

O subsecretário de Ordem Pública, Ronald Bueno Pereira, explicou ainda que, nessa visita, foram definidos locais e horários para fechamento de vias e implementações de torres de segurança.

“Estamos desde o mês de dezembro fazendo essas visitas técnicas in loco, principalmente nos locais onde ocorrem os blocos de maior concentração, como o Tromba Nervosa; o Gabriela, no centro da cidade, que sai na segunda de Carnaval; o Gaviões, aqui na praça dos Gaviões, que é um bloco estático, mas que reúne cerca de três mil pessoas; e o beijo, que desfila no domingo, na passarela do samba. O objetivo dessa equipe multidisciplinar é fazer um Carnaval legal judicialmente e também no sentido de diversão”, explicou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *