sábado, 31 de outubro de 2020

Carnaval: Maricá já tem 88% da rede hoteleira ocupada

Os preços variam de R$1000 a R$1500. Foto: Ibici Silva

A rede hoteleira de Maricá já está com quase 90% da capacidade reservada para o carnaval. Foi o que informou nesta quarta-feira (19) a Maricá Convention & Visitors Bureau, em estudo. A pesquisa foi realizada em mais de 20 estabelecimentos, nesta quarta (19).

Os dados divulgados mostram que os bairros mais procurados são Barra de Maricá com 100% de reservas ocupadas, seguido de Itaipuaçu, com 93%, Ponta Negra com 82,5% e Centro que já registra 74% de ocupação.

De acordo com o secretário de Turismo, José Alexandre Almeida, até sábado ele espera que a cidade atinja 95% de sua lotação.

“Isso mostra que o trabalho que tem sido feito evidência Maricá como uma nova atração turística, um novo roteiro, um destino que esta se consolidando com o tempo, estruturando seu produto e qualificando sua oferta”, revela o secretário, que também falou sobre a programação do carnaval.

“Faremos um carnaval com uma programação voltada para família e bem eclética também, para que atenda a todos os públicos, visando atrair não só os munícipes como turistas, para que eles possam vir, curtir e também investir na cidade”, contou.

Proprietário de uma pousada no bairro do Condado, o empresário Ney Passos, está com 80% dos quartos ocupados, mas esperançoso para preencher todas as vagas durante a festa.

“Temos vagas disponíveis, estamos aguardando todos os foliões que queiram uma maior comodidade, tranquilidade e conforto. As datas festivas sempre atraem turistas, agora esperamos que durante o período de baixa temporada também tenhamos esse público”, contou.

De acordo com o proprietário da pousada o maior público é originário do Rio.

O presidente da Maricá Convention & Visitors Bureau , Paulo Santos, contou que a rede hoteleira da cidade esta bem estruturada.

“Com uma rede hoteleira bem estruturada, além de trazer para cidade mais desenvolvimento, gera emprego e oportunidades para todos”, declarou.

Morador de Valença, Victor Santos, 32 anos, disse que este ano preferiu optar por uma pousada.

“Todos os anos fico na casa da minha família em Cordeirinho, esse ano decidi ficar em uma pousada, assim fico mais a vontade. O carnaval de Maricá sempre foi muito bom, espero que esse ano também seja, já é a terceira vez que vou passar aqui”, disse.

Perfil

Uma pesquisa, em parceria com a Secretaria de Turismo, Desenvolvimento Social e o Instituto Darcy Ribeiro, para avalizar o público que frequenta a cidade, será realizada nos cinco dias de folia.

“Vamos fazer a medição do público, para saber de onde veio, porque que veio, o que gostou, as observações, esse trabalho começa no sábado e vai até terça. Iremos ouvir de 4 a 5 mil pesquisas nesse período e após o carnaval iremos tabular esses números”, contou José Alexandre.

Ao todo, 20 pesquisadores estarão nas ruas da cidade fazendo entrevistas com a população. Esse é o primeiro ano que o município contará com a pesquisa.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *