quarta, 28 de outubro de 2020

Carrapatos na parede do Pronto Socorro de São Gonçalo

Quem procura atendimento no Pronto Socorro Central de São Gonçalo (PSCSG), no bairro Zé Garoto, relata sobre o número de cães abandonados que circulam na porta da unidade hospitalar. Há pouco mais de uma semana, carrapatos foram vistos no canteiro e na parede da entrada principal do setor de trauma. A presença dos aracnídeos gerou reclamação e medo.

“É um absurdo um hospital ficar desse jeito. Esses bichos transmitem doenças. Somos obrigados a presenciar essa situação”, reclamou o parente de um paciente internado no PSCSG.

Os carrapatos foram flagrados por parentes de pacientes do PSCSG (Foto: Divulgação)

Na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo emitiu uma nota informando que uma paciente internada no Hospital Luiz Palmier, que faz parte do complexo hospitalar em São Gonçalo, estaria com suspeita de contaminação da peste bubônica. A hipótese da doença foi descartada nesta segunda-feira (14), após exames.

A peste bubônica ou peste negra é uma doença transmitida por pulgas que tiveram contatos com ratos contaminados. Apesar da informação, quem procura atendimento no PSCSG se mostra preocupado com o surgimento dos carrapatos.

Na semana passada, a assessoria do PSCSG divulgou um vídeo no qual aparecem alguns funcionários do hospital lavando o espaço onde surgiram os carrapatos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *