terça, 20 de outubro de 2020

Cedae reduz captação de água no Guandu por conta das fortes chuvas

Na noite deste domingo (01/03), devido às fortes chuvas que ainda atingem o trecho a montante da Estação de Tratamento do Guandu, a Cedae precisou reduzir a captação de água no Rio Guandu. Com isso, a produção de água na ETA está operando com 60% de sua capacidade. A produção total será retomada tão logo as condições do manancial retornem à sua normalidade.

Fachada da Estação de Tratamento de Água Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Foto: Agência Brasil

 

O abastecimento não será interrompido, mas as pressões nas redes serão menores, o que poderá diminuir o fornecimento em áreas de cotas elevadas. A ação visa dar segurança operacional ao sistema, tendo como prioridade manter a qualidade do abastecimento para a quantidade de água produzida.

A Cedae solicita aos consumidores que continuem utilizando água de forma equilibrada durante este período, priorizando atividades básicas e evitando o desperdício.

APOIO OPERACIONAL

A Cedae também está prestando apoio operacional aos municípios de Nilópolis, Queimados e Rio de Janeiro – afetados pelas fortes chuvas que atingiram a Região Metropolitana na madrugada deste domingo (01/03) – para que seus moradores retomem suas atividades o mais breve possível. Já foram disponibilizados caminhões para desobstrução de redes; caminhões-pipa para apoio na limpeza; caminhões basculante e retroescavadeiras. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *