quinta, 26 de novembro de 2020

Cestas básicas e kits de higiene pessoal são entregues em Itaboraí

Foram entregues cerca de 3 mil kits de alimentação e de higiene pessoal em Itaboraí. Foto: Rafael Campos/Governo RJ

Até o próximo fim de semana, mais de 27 mil famílias vão receber as cestas básicas do Mutirão Humanitário em Itaboraí. Para evitar aglomerações, os beneficiários recebem um SMS com data, local e horário marcado para retirada das cestas.

O Mutirão é um programa do Governo do Estado, que está entregando cestas básicas à população em situação de extrema pobreza ou baixa renda por causa da crise do novo coronavírus. Inicialmente, estão sendo beneficiadas pessoas já inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

“Sabemos o quanto a população mais carente precisa do nosso auxílio para superar essa crise, por isso, resolvemos, nesse primeiro momento, priorizar os locais que possuem os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), onde vivem grande parte dos trabalhadores informais”, explicou o vice-governador Cláudio Castro.

Só nesta terça-feira (28), foram entregues cerca de 3 mil kits de alimentação e de higiene pessoal em Itaboraí. Além de escolas municipais, o posto de vistoria do Detran.RJ no município também recebeu o Mutirão Humanitário.

“É importante cedermos nossos espaços para minimizar os efeitos da pandemia. Com o esforço de todos poderemos vencer a pandemia e o Detran continuará cumprindo seu papel social, apoiando projetos que auxiliam no combate ao coronavírus e no suporte às famílias”, reforçou o presidente do Detran.RJ, Marcello Braga Maia.

As prefeituras também são parceiras do Governo do Estado e auxiliam na distribuição. Célia Regina Fortunato, subsecretária de Programas e Projetos da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Turismo de Itaboraí, acompanhou o Mutirão.

“Nós temos uma grande quantidade de famílias carentes, então eu gostaria de agradecer ao Governo do Estado por realizar essa ação no nosso município. Estamos mobilizando todas as secretarias municipais. São 58 escolas e quase mil pessoas trabalhando, seguindo todas as medidas de prevenção”, destacou a subsecretária.

Ajuda para os que perderam renda

A moradora de Itaboraí, Camila Dias, reforça a importância do projeto durante esse período de pandemia.

“Sou trabalhadora autônoma e o cenário atual me afetou diretamente. Só tenho a agradecer por essa ajuda”, afirmou.

Patrick Costa Lima foi um dos primeiros a receber o benefício hoje. Ele relatou que trabalhava em uma montadora de andaime, mas ficou desempregado e agora a cesta vai ser um alívio para a família.

“Não estou conseguindo nem trabalho temporário. A situação está de mal a pior e é muito bom saber que estamos sendo olhados”, disse.

O projeto é coordenador pela Vice-governadoria do RJ e conta com a parceria das secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e de Governo. Outras secretarias e órgãos do Estado estão ajudando na logística. As cestas começaram a ser distribuídas no dia 22 em Queimados.

Como retirar o kit

O beneficiário vai receber dois SMS: o primeiro, informa o direito ao benefício; no segundo, recebe um código, além do dia, hora e local da retirada do kit.

Toda a ação do Mutirão Humanitário é monitorada por um sistema de inteligência artificial, que mostra em tempo real quem abriu o SMS e aqueles que retiraram as cestas básicas.

Para consultar se tem direito ao benefício ou tirar qualquer dúvida basta acessar o site.

Publicada às 20h26

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *