sábado, 05 de dezembro de 2020

Cestas básicas: Segunda fase de entrega inicia em Maricá

A iniciativa faz parte de uma das medidas presentes no pacote econômico de auxílio à população durante o período de isolamento social decorrente da pandemia da Covid-19. Foto: Anselmo Mourão – Prefeitura de Maricá

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Educação, começou a realizar nesta terça-feira (5) a segunda entrega de cestas básicas para alunos da rede pública da cidade. A iniciativa faz parte de uma das medidas presentes no pacote econômico de auxílio à população durante o período de isolamento social decorrente da pandemia da Covid-19.

Assim como na primeira entrega, realizada no início de abril de 2020, estima-se que mais 31.400 kits sejam distribuídos aos alunos da rede. Vale destacar que em junho deste ano há a previsão de uma terceira remessa, totalizando aproximadamente 95 mil unidades. 

As primeiras escolas a distribuírem os kits que contam com alimentos, produtos de limpeza e álcool em gel foram a E.M Indígena Guarani Para Poti Hhe’ Ë Já, em São José do Imbassaí e a E.M. São Bento da Lagoa, em Itaipuaçu.

Além das cestas básicas, ambas as unidades aproveitaram a ação para entregar aos pais e responsáveis dos alunos materiais didáticos distintos necessários para o início das aulas remotas, anunciadas recentemente pela Educação. A previsão é de que nos próximos dias as demais escolas municipais também realizem a entrega das respectivas cestas básicas.

De acordo com Sara Moura, diretora da escola indígena, em São José do Imbassaí, 21 alunos receberam as cestas básicas e, além disso, mais 15 famílias da aldeia também receberam os kits.

“Muitas crianças da aldeia se alimentam na escola, por isso, é de suma importância essa ação da prefeitura”, afirmou Sara Moura.

“Devido ao isolamento social a aldeia segue fechada para visitação e a população daqui vive em sua maioria do artesanato, sendo assim, os indígenas acabaram ficando sem a sua principal fonte de renda e, esses produtos presentes nos kits que incluem feijão, arroz, fubá, sardinha, entre muitos outros, se tornaram indispensáveis para que eles se alimentem durante o mês que se inicia”, avaliou a diretora.

Sara Moura relatou ainda como a escola indígena está trabalhando para aplicar as aulas remotas.

“Hoje já estamos entregando um material impresso com atividades para que as crianças façam em casa nos próximos dias. Tivemos que pensar e repensar muito sobre como aplicar as aulas remotas aqui na aldeia principalmente porque a maioria não possui acesso a internet. Fizemos um levantamento e identificamos todos os pais que conseguem e os que não conseguem ajudar os seus filhos e, umas das soluções, são vídeos explicativos com atividades variadas que incluem músicas e contação de histórias, tudo em português e em tupi-guarani e que serão disponibilizadas via WhatsApp”, explicou.

“Descobrimos que somente uma mãe não possuía o aplicativo, mas já resolvemos isso”, comemorou Sara.

Para Suzana Paraí, de 21 anos, mãe do aluno Lucas Tupã, de 5 anos a ajuda chega em uma hora boa.

“O que queremos é que essa pandemia passe logo, pois sempre vendi muito artesanato, recebíamos em nossa aldeia muitos turistas, mas por causa do coronavírus não estamos mais recebendo nossos visitantes e isso é muito ruim. Felizmente esses alimentos e esses produtos de limpeza tem nos ajudado muito. Acredito que sem eles seria muito difícil passar por essa pandemia”, disse Suzana.

Já na escola São Bento da Lagoa, em Itaipuaçu, onde mais de 190 crianças da educação infantil de tempo integral serão beneficiadas, a diretora Rosana Azevedo contou que dividiu a entrega em dois dias (5 e 6 de maio).

“Além de atender as necessidades dos pais de nossos alunos, referente ao horário de atendimento, decidimos dividir a entrega das cestas básicas em dois dias para evitar possíveis aglomerações”, explicou Rosana.

“A cada entrega vemos que essa ação está sendo de grande relevância para as nossas famílias. Temos famílias aqui que possuem mais de uma criança na escola e vale ressaltar que cada criança está recebendo uma cesta de alimento e uma cesta com produtos de limpeza”, frisou a diretora.

Sobre o início das aulas remotas,  Rosana revelou que neste primeiro momento a escola preparou uma apostila de atividades para os próximos 15 dias e que a mesma estava sendo entregue aos pais juntamente com as cestas básicas.

“Conhecemos nossa comunidade e sabemos que muitos não possuem acesso a internet. Por isso, iniciamos hoje as nossas aulas remotas com uma apostila de atividades especificas para cada turma e aproveitamos a ação de hoje para entrega-las. Juntamente com essa apostila também estamos entregando um kit com lápis, borracha, apontador e lápis de cor para que os nossos alunos com ajuda da família possam realizar as atividades em casa”, contou Rosana.

Desempregado, Márcio José dos Santos, de 32 anos, pai da aluna Jessica Rodrigues, de 2 anos, comemorou o recebimento da cesta básica.

“Estou sem poder trabalhar e o que eu tenho conseguido tem sido muito pouco. Essa cesta básica sem dúvida é algo indispensável para a minha família. Graças a esse benefício não tem faltado nada em casa. Ela vem em um momento bom e tudo que eu peço agora é que essa pandemia acabe logo”, desejou Márcio.

Marcio ainda sobre o início das atividades remotas oferecidas pela escola da pequena Jéssica.

“Essas atividades são muito boas, principalmente para que minha filha não fique parada, sem estudar e, na medida do possível, minha esposa e eu vamos acompanhar e ajudar para que nossa filha continue aprendendo”, finalizou. O cronograma de entrega por escolas está disponível no portal da prefeitura.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *