sábado, 24 de outubro de 2020

Chega da China primeira remessa de insumos hospitalares para o Rio

Avião trouxe 160 toneladas de equipamentos médicos. Foto: Edvaldo Reis/Prefeitura do Rio

O prefeito Marcelo Crivella acompanhou nesta terça-feira (12) a chegada do primeiro voo da Latam trazendo da China respiradores, monitores e mais itens para combate à covid-19. Esta é a primeira de seis operações da companhia aérea para transportar 160 toneladas de aparelhos médicos. O primeiro voo  decolou nesta terça-feira de Cantão (China), com escala em Amsterdã (Holanda), pousando no Rio de Janeiro às 14h no Aeroporto Internacional Tom Jobim. O voo foi realizado por uma aeronave modelo Boeing 777 de passageiros adaptada para o transporte de cargas, de forma a maximizar a capacidade de transporte.

“A chegada desses respiradores e monitores é uma notícia maravilhosa para a população do Rio. Com esse material, vamos poder equipar nossos hospitais e abrir mais leitos para os pacientes com covid-19. No meio do ano passado, antes mesmo de qualquer sinal da pandemia, nós fizemos essas aquisições, comprando os respiradores a um preço de US$ 12 mil, cada, para pagar em cinco anos. Hoje, cada um custa cerca de US$ 50 mil. Se Deus quiser, logo vamos conseguir baixar as curvas de contágio e voltar aos poucos à normalidade”, disse Crivella.

Mais equipamentos

O segundo voo tem previsão de chegada nesta quarta-feira (13), por volta das 14h, também no Aeroporto Internacional Tom Jobim e trará mais uma remessa de ventiladores mecânicos, máscaras, monitores, entre outros materiais que serão utilizados no combate à doença.

“Estamos vivenciando uma crise de saúde mundial sem precedentes e ficamos orgulhosos de poder contribuir ativamente com a prefeitura do Rio de Janeiro no transporte de respiradores e insumos médicos da China para a cidade”, disse o diretor da Latam Cargo Brasil, Diogo Elias.

Solidariedade

A Latam também está transportando profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e demais especialistas envolvidos no combate à pandemia. Eles possuem isenção total da tarifa aérea, pagando apenas a taxa de embarque. 

O objetivo da companhia aérea com esta iniciativa é facilitar o acesso dos profissionais aos locais mais impactados com a pandemia.

(Agência Brasil)

Publicada às 00h16

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *