terça, 20 de outubro de 2020

Chuvas deixam 10 desalojados em Niterói

Família perdeu parte da casa em deslizamento no Morro do Cavalão. Foto via Grupo Plantão Enfoco

As fortes chuvas que atingem Niterói há três dias deixaram um rastro de prejuízo em toda a cidade. Até a tarde desta terça-feira (2), a Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia foi a campo para atender mais de 47 ocorrências na cidade, no entanto, não há registro de feridos.

Os incidentes deixaram três desabrigados (que precisam de abrigo provido pelo governo) e 10 desalojados. As famílias estão sendo cadastradas e atendidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).

Niterói registrou quatro desabamentos e uma queda de muro, 10 deslizamentos de terra e seis quedas de árvore. Ao todo, 26 imóveis foram interditados por motivos de segurança na cidade. Apesar dos transtornos, segundo a Prefeitura, ninguém se feriu nos incidentes.

Os bairros que registraram ocorrências foram Itaipu (4), Fonseca (3), Bonfim (2), Ititioca (1), Santa Rosa (2), Barreto (1), Caramujo (1), Engenho do Mato (1), Engenhoca (1), Largo da Batalha (1), São Francisco (1), Sapê (1) e Várzeas (1).

Desabamentos

Vila Ipiranga sofre com deslizamentos. Foto via Grupo Plantão Enfoco

O primeiro caso de desabamento foi na comunidade Souza Soares, em Santa Rosa, na Zona Sul de Niterói, ainda no domingo (1º). Um deslizamento de terra atingiu parte de uma casa por volta das 7h15.

Na comunidade do Cavalão, na Zona Sul, uma residência desabou parcialmente na madrugada desta segunda-feira (2). Segundo vizinhos, a casa situada na Alameda Jandira Froes teve o muro, a varanda e a cozinha arrastados pela terra.

Foram registrados desabamentos de duas casas na Zona Norte, sendo uma no Caminho 22, na comunidade da Vila Ipiranga, e outra no Fonseca. No Barreto, um muro cedeu.

Houve registro, ainda, de deslizamentos na Souza Soares, na Ititioca, Caramujo, Sapê e Bonfim. As quedas de árvore foram concentradas em Itaipu e no Engenho do Mato, na Região Oceânica, além da RJ-104, na altura do Caramujo, na Zona Norte.

As chuvas devem se mantém na região até terça-feira (3), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Niterói está em estado de atenção.

Acumulados de chuva em 24h, segundo a Defesa Civil:

Morro do Bumba: 39 mm
Barreto: 15,2 mm
Maria Paula: 13,4 mm
Caramujo: 12,8 mm
Jurujuba: 12,2 mm
Itaipu: 12 mm

Defesa Civil

A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói mantém o estado de atenção no município devido às fortes chuvas do fim de semana. As demandas estão sendo atendidas em conjunto com as demais equipes da Prefeitura de Niterói: Companhia de Limpeza Urbana (Clin), Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).

A Clin e a Seconser estão com mais de 700 funcionários atuando em toda a cidade, trabalhando na limpeza de caixas de passagem e ralos além da desobstrução da rede pluvial, inclusive com caminhão Vac All percorrendo trechos da cidade. O veículo é usado em pontos de alagamento para agilizar o escoamento da água.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *