segunda, 26 de outubro de 2020

Cobra encontrada em Maricá é levada para pesquisadores

Uma jiboia (Boa constrictor) não peçonhenta, com cerca de três metros e 40 kg foi levada nesta quarta-feira (8), pela Secretaria de Cidade Sustentável até o Instituto Vital Brazil, em Niterói, centro especialista em serpentes e na produção de soros e medicamentos para o uso humano.

A cobra, que se alimenta principalmente de roedores, lagartos e aves foi encontrada em uma residência em Itaipuaçu, após o morador ter acionado o Corpo de Bombeiros do 4º Distrito. Os profissionais recolheram a serpente e a levaram à Secretaria de Cidade Sustentável, no Caxito, onde o animal passou a noite.

É importante ressaltar que a jiboia pode chegar à quatro metros. Por possuir comportamento semi-arborícola e hábitos noturnos, a espécie pode ser encontrada em árvores e costuma invadir residências localizadas próximo de matas. Nesses casos, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado evitando acidentes com pessoas e a morte do animal.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *