quinta, 21 de janeiro de 2021

Com alta de casos, São Gonçalo abre novos leitos para Covid-19

São Gonçalo registrou sete óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), nesta segunda-feira (7). Foto: Ascom/PMSG

Com a abertura de mais 30 leitos para pacientes com Covid-19 em São Gonçalo, a taxa de ocupação nesta segunda-feira (7) ficou em cerca de 70% nos Centros de Tratamento Intensivo (CTIs) e de 50% nas enfermarias. Os novos leitos foram abertos nos Hospitais de Retaguarda Gonçalense (antigo Menino Deus) e Franciscano Nossa Senhora das Graças (Hospital das Freiras), em Lagoinha.

A secretaria de Saúde tem nesta segunda (7), 10 leitos de enfermaria (8 ocupados) e sete de CTI (todos ocupados) no Pronto Socorro Central; Hospital Franciscano dispõe de 20 leitos de CTI (17 ocupados) e 30 de enfermaria (18 ocupados); no Retaguarda Gonçalense, com a abertura do segundo andar, a unidade conta hoje com 20 leitos de CTI ( 13 ocupados) e 40 de enfermaria (14 ocupados) e no Pronto Socorro Infantil existe sete de CTI (quatro ocupados) e 12 de enfermaria (seis ocupados).

Percorrendo as unidades de saúde como faz todos os dias, o prefeito José Luiz Nanci voltou a garantir que nenhum gonçalense ficou aguardando em fila por uma vaga em enfermaria ou CTI.

“Desde o início da pandemia nós fizemos um planejamento, adquirindo o Hospital Menino Deus (hoje Retaguarda Gonçalense) e contratando leitos no Franciscano Nossa Senhora das Graças, compramos respiradores, monitores, testes rápidos, medicamentos e insumos e contratamos ainda mais médicos, enfermeiros e demais profissionais necessários para a abertura de novos leitos”, informou o prefeito.

Boletim

De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou sete óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), nesta segunda-feira (7), chegando a 809 no total. Outros cinco óbitos foram registrados no último sábado (5).

Até o momento, São Gonçalo contabiliza 25.106 casos confirmados, 23.671 curados, 96 hospitalizados na rede pública municipal de Saúde e 530 em quarentena domiciliar. Há ainda 48 óbitos em investigação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *