sábado, 05 de dezembro de 2020

Corpo de Bombeiros vai contratar agentes temporários no Rio

Proposta é de três mil vagas para todo o Estado do Rio. Foto: Divulgação

O governador em exercício Cláudio Castro sancionou, no fim do mês de setembro, o projeto de lei 2884/2020 que regulamenta a contratação de militares por tempo determinado para o Corpo de Bombeiros. A nova modalidade de Serviço Militar Temporário da corporação consiste na seleção voluntária de homens e mulheres com idades entre 18 e 25 anos, para praças temporários, e 35 anos para oficiais temporários. Os jovens poderão servir à instituição por até oito anos, renovados anualmente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o Serviço Militar Temporário Voluntário (SMTV) é uma proposta nova no Brasil e tem o objetivo de reinventar o modelo atual e diminuir o impacto previdenciário. Nos países onde funciona esse sistema de bombeiros temporários, a exceção são os gestores. São tropas formadas por jovens dotados de aptidão física e capacidade funcional que o tipo de serviço de risco exige.

De acordo com o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Roberto Robadey Jr., é preciso renovar, modernizar.

“O recrutamento nestes moldes vai reforçar operacionalmente os quartéis, possibilitando, ainda, o primeiro emprego para muitos. A proposta é de três mil vagas para todo o Estado. O candidato vai receber uma formação e poderá permanecer nas fileiras por tempo determinado. Além de fortalecer a tropa, a iniciativa visa a qualificar novos agentes que, mesmo após o término do contrato, poderão formar um verdadeiro exército de reservistas em Defesa Civil”, explicou Robadey.

Seleção e remuneração

A seleção ocorrerá por meio de um edital regulamentado pelo Corpo de Bombeiros. Os oficiais temporários terão, no segundo ano de serviço, remuneração similar, mas não superior, a um bombeiro militar de carreira de mesma classe ou nível e escala hierárquica. Já os praças temporários terão direito a remuneração inicial conforme previsto na lei de remuneração dos militares do Estado.

Na hipótese de prorrogação do serviço, praças passarão a ter direito à remuneração escalonada, não superior a de um bombeiro militar de carreira de mesma classe ou nível e escala hierárquica. As prorrogações do trabalho voluntário serão definidas por exames físicos e de saúde, além de uma avaliação de desempenho. Os militares temporários não adquirem estabilidade e, após serem desligados, passam a compor a reserva não remunerada da corporação. Quem permanecer pelo menos um ano no serviço, tendo bom aproveitamento, receberá o título de habilitação equivalente a de um bombeiro civil.

Questionado sobre formas de ingresso, valores de inscrição e prazos, o Corpo de Bombeiros informou que a regulamentação, que será feita pela corporação, está na fase de planejamento de projeto.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

12 thoughts on “Corpo de Bombeiros vai contratar agentes temporários no Rio

  1. Não vejo vantagem alguma em contratar 3000 temporários, creio que seria muito mais benéfico contratar 3000 efetivos de carreira pois somariam ao efetivo e além de carreira daqui a anos terão experiência e com certeza vão trabalhar com mais qualidade, já temporário além de ter que ser substituído em um curto espacade tempo, quando ele aprender a trabalhar já será hora de ir embora da instituição,o que gerará sim um prejuízo,se fosse efetivo não existiria esse prejuízo, e o efetivo tb vai contribuir para previdência ou seja essa visão de diminuir déficit previdenciário é no mínimo totalmente descabida!

  2. Oficial não, esses que recebem os maiores salários vão continuar sendo de carreira e continuarão os concursos todo santo ano…. o maior salário do oficial deve chegar uns 25 mil… Já o do soldado no final de carreira não dá 9 mil….
    Bom pra previdência que os maiores salários vão continuar e todo ano entrando pelo menos 50 oficiais!!!
    Amém??!!!

  3. Não funciona. Já tivemos em Goias para a PM. Recebiam salários menores. Foi dado como inconstitucional pelo supremo. Imagina dois doldado subindo no morro hum ganhando 4 mil outro 3 mil. Isso aí é furado.

  4. Eu me chamo Eu me chamo Richard Ramírez soldado Ramires bombeiro civil estou disposto a entrar nessa área alguns anos só ainda não tive oportunidade por situações de doenças com familiares e ainda não foi o tempo mas amo a minha profissão amo que eu faço e quero muitas oportunidade agradeço a equipe de Bombeiro Militar Tenente Sargento estou disposto aqui deixo meu grande abraço Delta bravo charlie Richard Ramírez sou da cidade de Ubatuba tenho 24 anos ser bombeiro tá no meu sangue

  5. Bom dia eu vou deixar minha opinião eu me chamo Carlos morador da Pavuna tenho 39 anos sou casa tenho 2 FILHO tenho sonho de servir essa corporação tão bonita e de salvar vidas .eu não concordo a faixa de idade eu tenho 39 anos mais me considero um jovem de 18 anos vcs senhores tem que avaliar essa tese se um dia tiver oportunidade de fazer um pequeno teste pode me chamar eu vou a qualquer hora seja de dia ou de noite faça chuva faça sol .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *