terça, 26 de janeiro de 2021

Correios de São Gonçalo autuados pelo Procon

Publicado às 10h. Atualizada às 16h43.

Foram seis agências vistoriadas e três delas foram autuadas. Foto: Arquivo/ Pedro Conforte

Na última terça (5) e quarta-feira (6), os fiscais do Procon Estadual do Rio de Janeiro, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, realizaram ações de fiscalização em agências dos Correios do municípios do Rio de Janeiro e São Gonçalo.

Foram seis agências vistoriadas e três delas foram autuadas. Dentre os motivos, falhas na informação ao consumidor e na prestação do serviço, além de desrespeito às normas de combate à Covid-19.

Na terça, os fiscais estiveram em Benfica, Irajá e Penha, sendo esta última autuada pelos fiscais, pois as informações quanto ao horário de atendimento não estavam claras, gerando filas e deslocamento desnecessário do consumidor.

O estabelecimento estava cumprindo parcialmente as regras de enfrentamento à Covid 19, pois estava ausente a sinalização quanto ao distanciamento entre cadeiras, gerando aglomeração de pessoas.

Já nesta quarta, os agentes vistoriaram agências em São Gonçalo, Centro do Rio e no Humaitá. Apenas esta última não foi autuada. Em São Gonçalo, a ausência de informação clara quanto ao horário de atendimento, fez com que cerca de 50 pessoas que aguardavam na fila para serem atendidas gerassem aglomeração. Além disso, não havia marcação no chão e nem organização da fila, cuja média de espera era superior a uma hora.

Na loja da Cidade Nova, no Centro do Rio, não havia cartaz informando horário de atendimento. Os maiores problemas relatados pelos consumidores que lá estavam eram a não entrega, atraso e não localização das encomendas. 

Procurados, os Correios disseram que até às 16h26 desta quinta (7) não foram notificados sobre o assunto. A empresa lamentou eventuais transtornos e informa que está atuando para minimizar situações pontuais nas unidades.

Sobre a rede de atendimento, os Correios defendeu que, para a proteção de empregados e clientes, a empresa realiza o controle do fluxo da unidade – com a demarcação de espaço para respeitar o distanciamento recomendado.

“Além disso, em atenção à saúde de seus empregados, a estatal está atuando com força de trabalho reduzida, devido à iniciativa de redirecionar aqueles classificados como grupo de risco para o trabalho remoto. No entanto, o atendimento ao público permanece sendo realizado”, explicou.

Os Correios reiteram que estão trabalhando para viabilizar, com segurança, a continuidade de suas atividades, essenciais para atender a população nesse momento em que mais precisa, e seguem à disposição pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo Fale Conosco, no site www.correios.com.br.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *