terça, 20 de outubro de 2020

Corrida Social reúne dois mil participantes em Niterói

Parte dos participantes partiu do MAC, outra parte de São Francisco. Foto: Ibici Silva

Cerca de duas mil pessoas percorreram o percurso da 13ª Corrida Social neste domingo (5) em Niterói. O primeiro grupo, de 600 pessoas, deu a largada às 7h30 no Museu de Arte Contemporânea (MAC), em Boa Viagem. Seguindo pela orla de Icaraí, encontrou o segundo grupo, preparado para a prova de 4 quilômetros, que iniciou o percurso na altura da pista de skate em São Francisco.

De cunho beneficente, a organização da Corrida Social deste ano quer converter as taxas de inscrição em doações para o programa Médico Sem Fronteiras. Em outras edições, o evento já garantiu aportes para as causas da adoção, da proteção aos animais, acesso à educação e saúde.

A Corrida Social é organizada pela empresa Lóco Produções com apoio de entidades nas cidades que recebem o evento. Outras edições ocorreram no Rio de Janeiro e em Brasília. Nesta edição, pela segunda vez em Niterói, o evento teve apoio da secretaria municipal de Esportes e Cultura.

O evento mobilizou um esquema de trânsito especial: uma das pistas foi reservada para a prova, que passou pela orla de Icaraí, Estrada Leopoldo Fróes e Avenida Pref. Silvio Picanço, até a altura da Estação das Barcas de Charitas. Todo o trajeto contou com agentes da NitTrans para orientar o tráfego, que não apresentou retenções.

Lindaura, da Guarda Municipal do Rio, foi vendedora da prova principal no grupo feminino. Foto: Ibici Silva

A corrida chamou atenção de atletas experientes e iniciantes. A vencedora da prova de 9 quilômetros da modalidade feminina, Lindaura Sales da Cruz, faz parte da comissão de esportes da Guarda Municipal do Rio de Janeiro. Esta é a quarta vez em que compete, mas a primeira vez que garante o pódio.

“O percurso é tranquilo, plano na maior parte do tempo, além do cenário, que é maravilhoso, passando pelas praias”, comentou a campeã.

A fisioterapeuta Célia Nogueira, moradora de Niterói, participou das últimas quatro edições no trajeto menor. Para este ano, intensificou os treinos na academia para participar da prova. “O rendimento tem melhorado, tenho conseguido aumentar a velocidade”, avaliou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *