sexta, 15 de janeiro de 2021

Covid-19: 40% dos pacientes internados em Niterói são de outras cidades

funcionários da saúde em hospital. Foto: EBC
Taxa de ocupação em UTIs particulares já de 85% em Niterói. Foto: EBC

Aumentou a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados por pacientes diagnosticados com Covid-19 em Niterói. Segundo o prefeito Rodrigo Neves (PDT), a rede particular acumula 85% até esta segunda-feira (21) revelando aumento de 4% desde o último dia 15, segundo dados do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde (SindhLeste). As unidades públicas contam com 70% dos leitos ocupados.

O prefeito revelou que dentro da taxa de leitos ocupados na rede privada, entre 30% a 40% são internações de pacientes de cidades vizinhas. As informações foram apuradas durante reunião feita por videoconferência com diretores dos hospitais privados.

“Fizemos um pedido para que haja evidentemente atenção com pacientes de Niterói e esforço de ampliação de leitos na rede privada”

No encontro virtual, organizado para discutir a situação da pandemia do coronavírus na cidade, ficou definida a criação de um grupo de trabalho para analisar diariamente a evolução dos casos da Covid-19.

Rodrigo Neves fez um pedido para que as unidades privadas de saúde fizessem um esforço para a abertura de novos leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 nos próximos 20 dias, além de defender uma cota de leitos para moradores de Niterói.

A cidade tem até esta segunda 19.990 pessoas recuperadas do novo coronavírus. Mas ao longo dos últimos dez meses, Niterói registrou 20.902 casos confirmados da doença. Segundo a Secretaria de Saúde são 586 vidas perdidas por complicações da Covid-19. Dados da prefeitura mostram que 160 pessoas cumprem isolamento social, enquanto 165 pacientes estão hospitalizados.

Niterói já realizou mais de 165 mil testes para Covid-19, seja nas unidades básicas de saúde ou através do sistema de drive thru, pelo aplicativo Dados do Bem.

“Isso nos permite ter um melhor rastreamento dos infectados e maior controle da evolução da pandemia. Além disso, já foram distribuídas mais de 400 mil máscaras nos últimos 20 dias por agentes do programa Médico de Família e equipes das administrações regionais e isso tem um papel educativo, para orientar a população sobre a importância do uso de máscaras e do cumprimento dos protocolos de higiene e distanciamento social para que Niterói siga vencendo essa guerra contra o coronavírus”, afirmou o prefeito.

Perfil

No mais recente balanço divulgado, o governo local constatou que as mortes de pacientes acima de 60 anos são equivalentes a 20%. Idosos acima de 70 anos correspondem a 30% dos óbitos em Niterói.

Pessoas acima dos 80 anos estão no grupo de 40% dos óbitos causados pelo novo coronavírus. A metade dos pacientes acima dos 90 anos acaba vindo a óbito, segundo a prefeitura.

A cidade permanece no estágio amarelo nível 2 – alerta máximo e o indicador síntese está em 8.8. O indicador síntese é composto de 12 critérios, como número de leitos disponíveis, casos confirmados e número de óbitos, e orienta o Plano de Transição Gradual para o Novo Normal.

Quando o indicador chegar em 5, a cidade passa para o estágio amarelo nível 1 – alerta, e novas atividades serão permitidas. Caso o indicador atinja 10, a cidade chega no estágio laranja – atenção máxima, e novas medidas de restrição poderão ser implantadas.

“Apesar de ser melhor comparativamente a outras cidades como Rio de Janeiro e cidades da Região dos Lagos, Niterói tem uma situação que demanda atenção: 70% dos leitos ocupados da rede pública e 85% dos leitos ocupados na rede privada”

Rodrigo Neves
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *