quinta, 28 de janeiro de 2021

Covid-19: Cai a taxa de ocupação em UTIs na rede particular de Niterói e SG

Diminuiu a taxa de ocupação de leitos em UTI. Foto: EBC

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por pacientes com Covid-19, na rede privada em Niterói teve uma redução de 16%. É o que aponta o levantamento do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde (SindhLeste), divulgado nesta terça-feira (29).

Segundo o relatório, os números de leitos ocupados diminuíram para 71%, ainda com 192 leitos de UTI ocupados para Covid-19. No último levantamento divulgado dia 21, a taxa de ocupação era de 85%.

Ainda segundo o relatório, a rede particular de Niterói tem 210 quartos ocupados com pacientes diagnosticados com Covid-19. Este número, de acordo com o SindhLeste representa 63% da ocupação dos quartos.

São Gonçalo

Na rede privada em São Gonçalo, os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para pacientes com coronavírus, estão com 73% da taxa de ocupação. Este número representa 42 quartos ocupados, de acordo com o SindhLeste. No boletim divulgado no último dia 15, a taxa estava 79% em ocupação de UTIs e 53 quartos ocupados.

Já para quartos destinados a Covid-19, a rede particular tem 43% de ocupação com 38 quartos ocupados.

De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou oito óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19) nesta terça-feira (29), chegando a 979 no total.

No total, a cidade contabiliza 32.048 casos confirmados, 29.048 curados, 67 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 1.954 em quarentena domiciliar, 979 óbitos confirmados e 93 óbitos em investigação.

De acordo com a secretaria, alguns óbitos lançados no boletim desta terça-feira (29) são de datas retroativas, devido ao processo de investigação feito pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, com base nos resultados dos testes realizados pelos pacientes.

As prefeituras de Niterói e Maricá, não divulgaram o boletim com os dados da Covid-19, até a publicação da reportagem.

Estado

O estado do Rio, ultrapassou nesta terça-feira (29), mais de 25 mil mortes por Covid-19. De acordo com a a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, até esta terça-feira (29), são 426.259 casos confirmados da doença.

Há ainda 573 óbitos em investigação e 2.457 foram descartados. Entre os casos confirmados, 396.095 pacientes se recuperaram da doença.

A SES esclarece que os 136 óbitos registrados nesta terça não aconteceram todos hoje; ocorreram entre as semanas epidemiológicas 27 a 53.

Maricá

Maricá registra, até esta segunda-feira (29), 8.267 casos confirmados e 190 óbitos por Covid. Os óbitos deste boletim são de três homens de Itaipuaçu com 87, 67 e 66 anos, respectivamente, segundo a prefeitura.

O boletim também revela mortes de um homem de 87 anos de Inoã, uma mulher de 74 anos, de Barra de Maricá, uma mulher de 60 anos, de Ponta Grossa, homem com 81 anos, de Jacaroá, um homem de 75 anos de Cordeirinho, e uma mulher de 80 anos, do Flamengo.

Estão curadas da doença 7.850 pessoas e há no momento 227 casos ativos, além de 25 óbitos em análise pela Secretaria de Estado de Saúde.

Brasil

O País voltou a registrar mais de mil mortes por Covid-19 em 24 horas. Durante coletiva de imprensa, o Ministério da Saúde divulgou que ao todo foram 1.111 mortes, com 58.718 novos casos de covid-19 no Brasil. A última vez que o país havia batido os mil óbitos diários foi no dia 17 deste mês e, antes disso, em 30 de setembro

Segundo o Ministério da Saúde, haverá atualização do balanço de entregas de medicamentos e insumos estratégicos para combate à covid-19, haverá atualização do balanço de entregas de medicamentos e insumos estratégicos para combate à covid-19.

A pasta anunciou no início da tarde desta terça-feira (29), a prorrogação de 171 leitos de suporte ventilatório em 7 estados e no Distrito Federal. No total, 1,5 mil leitos estão disponíveis para cuidados intermediários de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Com Agência Brasil

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *