quinta, 22 de outubro de 2020

Covid-19: Mais de 200 registros em SG no período de 24 horas

Com isso, a cidade já atinge a marca de 1.449 casos confirmados da Covid-19. Foto: Marcelo Tavares

São Gonçalo registrou mais cinco óbitos em decorrência do novo Coronavírus (Covid-19), nesta quinta-feira (28), chegando a 159 no total. Já o número de pessoas infectadas saltou em disparado: foram 205 novos registros apenas nas últimas 24 horas, atingindo a marca de 1.449 diagnósticos. Um dia antes, a cidade havia registrado 1.244 casos. A informação é da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico, as novas vítimas fatais foram quatro mulheres e um homem. Veja os perfis dos óbitos abaixo. Ao todo, a cidade contabiliza 7.746 casos suspeitos, 1.449 confirmados, 633 descartados, 159 óbitos confirmados e 26 óbitos em investigação.

O número de curados também cresceu: foram 13 novos registros de recuperados a mais entre esta quarta (27) e quinta-feira (28). Com isso, o total de recuperados já chega a 213 em todo o município.

Novos óbitos:

  • Feminino, 84 anos, Colubandê;
  • Feminino, 84 anos, Vila Lage;
  • Feminino, 72 anos, Jardim Catarina;
  • Masculino, 55 anos, Vila Três;
  • Feminino, 52 anos, São Miguel;

Testagem em Agentes Comunitários

Elo entre a população e unidades básicas de saúde, os 1.100 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município de São Gonçalo estão recebendo testagem rápida para o Coronavírus em massa a partir desta quinta-feira (28).

A intenção é diagnosticar possíveis casos positivos nos profissionais em um dos grupos mais expostos à transmissão do Coronavírus (Covid-19), já que realizam trabalho de porta em porta.

“A saúde de São Gonçalo dá mais um passo a frente no combate ao Coronavírus na cidade. A atuação dos profissionais da saúde e segurança, na linha de frente, são de extrema importância e por isso é tão necessário que a gente realize esses exames. Os guardas municipais também estão sendo testados”, assegura o prefeito José Luiz Nanci.

O tipo avaliação anunciada será a sorológica. Conhecida como “teste rápido”, ela detecta se o paciente adquiriu anticorpos para o vírus e é feito com uma picada no dedo para coleta de sangue.

Esse tipo de teste serve como um auxílio no diagnóstico da Covid-19 e como parâmetro de medição da disseminação da doença em amostras da população. Em profissionais da saúde, é importante para avaliar o afastamento do trabalho, por exemplo.

“Esses profissionais estão atuando na assistência direta aos usuários. Somente neste primeiro dia, seis profissionais testaram positivo para a doença. Os testes nos darão um panorama muito importante destes profissionais no ponto de vista imunológico”, avalia a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora Rodrigues.

Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde do Estado do Rio, Francisco Vilela, a atenção aos profissionais da linha de frente é essencial.

“Desta forma se consegue fazer um rastreamento dos profissionais infectados, para que façam o tratamento, sejam curados e voltem a trabalhar, dando assistência às unidades de saúde”, explica.

Publicado às 19h16.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *