sábado, 27 de fevereiro de 2021

Covid-19: Queda de 20% em ocupação de UTIs na rede particular de Niterói

Unidade de Terapia Intensiva, UTI, Hospital, pacientes, tratamento, internação, equipamento hospitalar, ebc
Em Niterói, a queda foi de 20%, já em São Gonçalo o número se manteve estável. Foto: EBC

A taxa de ocupação de leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para pacientes diagnosticados com Covid-19 caiu 20% na rede particular de Niterói e se manteve estável em São Gonçalo. As informações foram divulgadas pelo Sindicado dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde (SindhLeste) nesta terça-feira (19).

De acordo com o levantamento, o número de leitos ocupados caiu de 168 para 133 e, agora, representa 48% do valor total de taxa de ocupação.

Além disso, o número de quartos também diminuiu expressivamente. Ao todo são 134 quartos reservados para pacientes com Covid-19, o que representa 40% da taxa de ocupação. No balanço divulgado no último dia 6, o número de quartos chegava a 156.

Segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (19), a cidade apresenta 26.355 casos confirmados da doença, sendo 25171 recuperados, 234 em isolamento e 689 óbitos.

São Gonçalo

Em São Gonçalo a diferença não foi tão expressiva e se manteve estável. Até esta terça-feira (19), são 34 leitos de UTI ocupados em hospitais particulares, representando 59% dos espaços reservados para Covid-19.

Já o número de quartos ocupados representou uma queda maior em relação ao número de Unidades de Terapia Intensiva. De acordo com o relatório, são 27 quartos reservados para pacientes com a doença, representando uma diferença de seis quartos em relação ao balanço anterior.

Até o momento, segundo o boletim epidemiológico divulgado na última terça, São Gonçalo registrou 39.022 casos confirmados, sendo 37.174 curados, 62 hospitalizados na Rede Pública Municipal, 640 cumprindo o isolamento social e 1.146 óbitos.

A prefeitura informa que os óbitos lançados no boletim são de datas retroativas, devido ao processo de investigação feito pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, com base nos resultados dos testes realizados pelos pacientes.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *