quinta, 26 de novembro de 2020

Cubango, Sossego e Porto da Pedra de olho em 2020


Ouça a Reportagem

Engana-se quem pensa que carnaval se resume a um curto período. Os desfiles na Sapucaí deste ano mal terminaram, e as escolas de samba do Grupo de Acesso já estão pensando no ano que vem. A Acadêmicos do Cubango, Unidos do Porto da Pedra e Acadêmicos do Sossego, escolas representantes de Niterói e São Gonçalo, já planejam mudanças para o carnaval de 2020.

Cubango

A Acadêmicos do Cubango garantiu o segundo lugar na Série A, com o enredo ‘Igbá Cubango – A Alma das Coisas e a Arte dos Milagres’, contudo a posição não foi suficiente para a escola subir ao Grupo Especial, lugar garantido pela Estácio de Sá.

No entanto, o presidente Rogério Belisário elogiou a atuação da Verde e Branco da Zona Norte de Niterói na avenida.

“O título não veio, mas fizemos história. O segundo lugar na série A foi o maior resultado da trajetória cubanguense no carnaval do Rio de Janeiro. Orgulho define”, afirmou em publicação nas redes sociais.

Acadêmicos do Cubango foi vice-campeã em 2019 (Foto: Riotur)

Porto da Pedra

A escola de São Gonçalo, que garantiu a terceira posição este ano, se reunirá ainda este mês para fazer um balanço da apresentação, destacando pontos positivos e negativos, além de traçar metas para 2020. Só então, entre o fim de março e o início de abril, haverá um encontro entre o presidente Fábio Montibelo e o carnavalesco Jaime Cezário para decidirem o enredo.

O resultado deste ano dividiu opiniões dos componentes da escola. Segundo a assessoria, alguns ficaram chateados por estarem muito esperançosos, enquanto outros ficaram felizes por terem permanecido no top 3 pelo segundo ano consecutivo.

Em 2016 e 2017, a escola ficou em quinto lugar, já em 2018 também garantiu a terceira colocação. Para o próximo ano, o que sobra é confiança.

“Estamos ali entre os três melhores, ano que vem a gente chega lá e belisca”, brincou a assessora da agremiação, Ana Cristina.

Unidos do Porto da Pedra garantiu a terceira posição (Foto: Riotur)

Sossego

A Acadêmicos do Sossego por pouco não foi rebaixada para o Grupo de Acesso B, ficando apenas um décimo na frente da última colocada. O resultado desagradou o presidente Wallace Palhares que questionou a decisão.

“A escola ficou com gosto de quero mais, fizemos um carnaval pra brigar, mas os jurados não enxergaram isso, infelizmente”, contou.

O presidente adiantou que a Azul e Branco do Largo da Batalha, que está sem carnavalesco no momento, já está em contato com um possível nome para preencher esse espaço. Wallace ressaltou ainda que, mesmo com o resultado, a agremiação não passará por muitas mudanças.

“Nossa base será mantida, mas estamos em uma conversa com o próximo profissional a integrar o time. Falta bem pouco, mas infelizmente ainda não posso revelar o nome. Assim que fecharmos, nos reuniremos para acertar o enredo”, disse.

Acadêmicos do Sossego ficou em penúltimo lugar este ano (Foto: Riotur)
(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *