terça, 27 de outubro de 2020

Curto-circuito talvez seja causa de incêndio no Flamego

Incêndio vitimou dez pessoas (Foto via Grupo Plantão Enfoco)

A perícia trabalha com a hipótese de um curto-circuito em um dos aparelhos de ar-condicionado como a principal causa para o incêndio em um dos alojamentos do Centro de Treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, que matou dez pessoas e feriu três, na madrugada desta sexta-feira (8).

“É muito cedo para dizer se foi por causa da rede que deu pico, se foi por causa do aparelho de ar-condicionado ou se foi a rede interna daqui”, disse o vice-governador do Rio, Claudio Bonfim.

Segundo ele, os bombeiros foram chamados às 5h14, saíram do quartel às 5h17 e chegaram ao Ninho do Urubu, às 5h38. O fogo já estava controlado às 6h30.

De acordo com Claudio Bonfim, a perícia está sendo finalizada e quatro corpos já seguiram para o Instituo Médico-Legal (IML), no Centro do Rio. Entre os mortos, há atletas e funcionários do clube. Todos estão carbonizados o que dificultará a identificação.

“Vai depender do DNA ou se há outras formas de reconhecimento”, disse o vice-governador.

Ele adiantou que existe a preocupação de trazer as famílias das vítimas para a cidade, já que muitas moram fora do estado. Para isso, as companhias aéreas estão sendo procuradas.

Os atletas estavam alojados em um container e seriam transferidos na semana que vem para acomodações mais modernas.

(Fonte: Agência Brasil)

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *