sexta, 11 de junho de 2021

Dados da Covid-19 devem ser estampados em outdoors de Niterói

Números de leitos ocupados e de novas infecções, por exemplo, devem constar nos painéis eletrônicos da cidade. Foto: Vítor Soares

Em Niterói, os dados da pandemia de Covid-19 devem ficar estampados em outdoors digitais, dia e noite, conforme decidiu vereadores, na noite desta quinta-feira (10), em segunda votação de matéria sobre o tema.

As informações devem ser passadas nos painéis eletrônicos espalhados pelas principais vias da cidade, durante os intervalos das peças publicitárias contratadas pelo município.

O projeto segue para as mãos do prefeito Axel Grael (PDT), que pode sancionar ou vetar o texto.

Devem estar disponíveis nos painéis:

  • Locais de vacinação com dia, hora e idade;
  • Locais com testes de Covid-19 com horário de funcionamento;
  • Números de leitos ocupados e de novas infecções;
  • Demais informações que forem julgadas necessárias.

“Essas informações servirão de alerta e parâmetro para toda população entender como anda a evolução da pandemia, assim como se conscientizar da importância das medidas protetivas e do distanciamento social”, ressalta o autor da lei, Daniel Marques (DEM).

Segundo o parlamentar, pessoas que não possuem acesso à internet também poderão se informar sobre locais de vacinação e testes, “ajudando e muito, o controle e conscientização de todos”.

A Prefeitura de Niterói tem demorado a divulgar dados atualizados da pandemia, ao contrário do que fez ao longo de pouco mais de um ano. Pelo último levantamento dos índices, publicado na terça-feira (8), o governo municipal informou ter aplicado a primeira dose da imunização contra a Covid-19 em 50% do público vacinável, formado por pessoas acima de 18 anos.

No entanto, os novos números sobre pessoas contaminadas e recuperadas do vírus, além de internados em leitos públicos, são desconhecidos há dias.

Até o último domingo (6), 220.683 pessoas tinham recebido o imunizante. A prefeitura vacina, ao longo desta semana, pessoas a partir de 57 e 56 anos, trabalhadores da Educação Superior a partir de 50 e 45 anos e portuários. Informações como essas devem constar nos outdoors eletrônicos, conforme sugere o projeto de lei 109/2021 – ainda em observação pelo governo local.

Vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde concluiu a aplicação da primeira dose do imunizante em pessoas com 60 anos ou mais, profissionais de saúde da linha de frente e com mais de 60 anos, pessoas que vivem em instituições de longa permanência, quilombolas e profissionais da educação básica que atuam no município. Foram aplicadas mais de 318 mil doses de AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. No total, 97.724 pessoas já receberam a segunda dose.

A vacinação acontece nos 11 pontos de vacinação distribuídos pelo município, com entrada liberada das 8h às 16h e aplicação das vacinas até 17h. No Campo de São Bento, a imunização vai até as 16h. Neste sábado (12), estarão funcionando, das 8h às 12h, as Policlínicas de Piratininga e do Barreto, além do drive thru do Campus Gragoatá da UFF. A entrada é até 11h30.

Portadores de doença renal crônica e síndrome de Down podem procurar uma unidade de vacinação em qualquer dia, independente da idade. Equipes volantes do Consultório na Rua da Secretaria de Saúde estão vacinando a população em situação de rua e pessoas do sistema prisional da cidade.

No caso das gestantes e puérperas (com até 45 dias), a vacinação pode ser feita a qualquer momento, desde que sejam maiores de 18 anos. Por recomendação do Ministério da Saúde, esse público receberá a CoronaVac e por isso devem se dirigir à Policlínica Sérgio Arouca, em Santa Rosa, ou à Policlínica Carlos Antônio da Silva, no São Lourenço.

A segunda dose segue sendo aplicada apenas nas pessoas que receberam a primeira dose em postos de vacinação de Niterói, nas datas anotadas nas cadernetas de vacinação.

Aplicativo Colab

O município também disponibilizou um projeto piloto de agendamento de data e horário da primeira dose, através do aplicativo Colab. O serviço está disponível inicialmente para o posto volante do Campo de São Bento, no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, em Icaraí, e será expandido para os outros postos nas próximas semanas.

A medida evita aglomerações, facilita e agiliza o processo de vacinação. Para realizar o agendamento da vacina basta baixar o aplicativo Colab, que está disponível gratuitamente na Play Store (Android) e App Store (iOS), e realizar o passo a passo de cadastro. O calendário será aberto de duas em duas semanas. O aplicativo fornece o comprovante digital da imunização.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');