segunda, 28 de setembro de 2020

Dois lotes de testes rápidos são invalidados no Rio

Lotes não apresentaram resultados satisfatórios. Foto: Divulgação

A Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa) da Secretaria de Estado de Saúde invalidou dois lotes de teste rápido para diagnóstico da Covid-19. Ainda não há informações sobre a quantidade de material que será interditada.

A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado da última segunda-feira (24). Foram suspensos os lotes 20200303, com fabricação em 16 de março de 2020 e validade para 15 de setembro de 2021; e 20200401, de fabricação em 9 de abril e validade para 8 de outubro de 2021. Ambos são da marca AVIOQ e fabricante Avioq Bio-tech Co., Ltd.

A Suvisa esclareceu que os lotes “foram suspensos por não apresentarem resultados satisfatórios quanto aos ensaios de sensibilidade e especificidade”.

Somente após a empresa ser intimada a recolher os lotes interditados, desde os que estão em estoque nas distribuidoras até os comercializados, a Superintendência terá informação precisa sobre o quantitativo.

O prazo para recolhimento dos testes rápidos e interrupção da comercialização é até 8 de setembro.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *