quarta, 27 de janeiro de 2021

Eduardo Paes considera inviável lockdown no Rio

Prefeito eleito Eduardo Paes e o governador em exercício Cláudio Castro discutiram parceiras no Palácio Guanabara. Foto: Pedro Conforte

O prefeito eleito pelo Rio, Eduardo Paes (DEM), foi recebido, no início da tarde desta terça-feira (1°), pelo governador em exercício Cláudio Castro (PSL), na sede do Palácio Guanabara, na Zona Sul do Rio.

O encontro serviu pra firmar parcerias entre o estado e a prefeitura, a partir de 1° de janeiro, quando Paes reassume a cadeira na prefeitura.

Entre os temas, estavam as medidas contra a Covid-19 e a retomada da parcerias entre o estado, prefeitura e governo federal.

“O Rio passa por um momento complicado e é preciso dessa união. Já nos conhecemos há muitos anos, Paes foi meu primeiro voto em 1996 pra vereador. Agora vamos fazer muito por esse estado. Hoje conversamos sobre temas importantes e não tenho dúvidas que isso aqui vai ajudar o Rio a voltar a brilhar”

Claudio Castro, governador em exercício

O prefeito eleito foi enfático ao dizer que a sua volta à prefeitura também vai contar com o apoio do presidente da república, Jair Bolsonaro.

“Nós vamos fazer com que prefeitura e estado voltem a se integrar. Aqui existe uma relação pessoal que é ótima, antiga, mas além disso tem aqui dois homens que vão fazer a parceria ser fundamental. Além do presidente Bolsonaro, que me ligou para me parabenizar pela vitória. Será um governo essencialmente carioca”

Sobre a possibilidade de implantar um lockdown na Capital, o prefeito eleito negou e disse que não seria a medida mais adequada. Paes, falou ainda que é preciso que as pessoas cumpram as exigências sanitárias.

“Preciso que as pessoas cumpram as medidas. Não me parece viável um lockdown agora”

Sobre a vacina, o governador em exercício, Cláudio Castro, disse que não acredita que o Rio possa ser priorizado para receber os lotes das vacinas, mas que já está em conversas com o ministério da Saúde sobre o assunto.

“Não acredito que o Rio vá ser prioridade. Mas, estados como São Paulo e Rio de Janeiro, são grandes centros. Estamos em conversas com o ministério da Saúde sobre isso que vamos recebendo conforme forem distribuídas. Outros governadores também estão em conversas com eles”, comentou.

O encontro contou ainda com alguns dos novos componentes do governo do prefeito eleito Eduardo Paes, como Daniel Soranz (saúde), Marcelo Calero (integridade pública), e Pedro Paulo (Fazenda). Paes ainda anunciou na manhã de hoje os nomes de Salvino Oliveira Barbosa (juventude), Ana Laura Secco Valente (conservação) e Ana Ribeiro, como sub-prefeita da Zona Sul.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *