A greve geral prevista para esta sexta-feira (14), desde as primeiras horas da manhã, contra a Reforma da Previdência, deixou 80% das escolas municipais de Maricá sem aulas, de acordo com a Prefeitura do Município.

Alunos ficaram sem aulas em Escola Municipal no Centro de Maricá. Foto: Ibici Silva

Como a exemplo a Escola Municipal Joaquim Eugênio dos Santos, na Rua Lêdo Barroso Bittencourt, no centro da cidade, onde os responsáveis pelos alunos foram avisados sobre a paralisação na data anterior através de comunicado e um aviso também foi colado no portão da unidade de ensino.

Escola comunicou a paralisação através de comunicado na porta de entrada. Foto/Colaboração: Thainá Vidal

Uma mãe de aluno que não pode comparecer a aula nesta quinta-feira (13), relatou que ficou sabendo da paralisação através das redes sociais.

“Meu filho não veio ontem, mas eu estava acompanhando através da internet que iria ter a paralisação, por isso não mandei ele hoje. Vim até aqui porque precisava de atendimento na Secretaria, mas vi que não tinha ninguém para atender”, relatou a responsável, que não quis se identificar.

As escolas municipais Carlos Magno Legentil de Mattos e Joana Benedicta Rangel, também no centro da cidade, informaram que para os alunos que compareceram houve aula normal, porém, mais da metade dos professores e estudantes não compareceram.

“A Direção, Coordenação, Serviços Gerais e Secretaria estão funcionando normalmente, apenas parte dos professores não vieram. Em relação ao número de alunos, a minoria assistiu aula hoje”, declarou uma funcionária que não quis se identificar, da Escola Municipal Carlos Magno Legentil de Mattos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *