quinta, 24 de setembro de 2020

Escola de Artes dá início ao ano letivo em Itaboraí

Para este semestre, aproximadamente 650 alunos, divididos entre os 550 novos inscritos e os 100 alunos antigos participarão dos cursos gratuitos. Foto: Divulgação – Prefeitura de Itaboraí

Começou na última segunda-feira (10), o ano letivo 2020 na Escola de Artes e Ofícios Professor Washington Luiz José da Costa, no Centro de Itaboraí. Para este semestre, aproximadamente 650 alunos, divididos entre os 550 novos inscritos e os 100 alunos antigos participarão dos cursos gratuitos oferecidos pela instituição, que é gerida pela Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo (Sectur).

Além dos cursos já existentes, como tricô, crochê, tear, corte e costura, customização, pedraria, patch apliquê, bonecas, pintura em tecido, pintura em tela, desenho artístico, reciclagem, feltro, biscuit, pintura em MDF e iniciação às artes, novos cursos foram inseridos. São eles, entalhe, pinturas especiais, patchwork, costura criativa, feltro religioso, macramê e cursos infantis (pintura em tecido, tear, crochê e biscuit).

As aulas acontecem 1 vez por semana e cada aluno pode estar inscrito em até dois cursos. Para as crianças, as aulas têm 2 horas de duração e os adultos, 4 horas. Vale ressaltar que a idade mínima para determinados cursos é de 7 anos. E os cursos tem duração de 6 meses a 1 ano.

Segundo a diretora da Escola de Artes e Ofícios, Verônica Antunes, a instituição completará em 2020, 30 anos de existência no município, formando milhares de pessoas e contribuindo para o bem-estar e fonte de renda.

“Este ano tivemos a oportunidade de ampliar as vagas para o público infantil e já contamos com a possibilidade de um projeto para levar a Escola de Artes e Ofícios para as nossas unidades escolares municipais de ensino” frisou Verônica.

A moradora de Marambaia, Maria de Lourdes Barreto, 49 anos começou a frequentar a escola em agosto do ano passado, no curso de corte e costura e agora iniciará o de costura criativa nesta quinta-feira (13). 

“Estar na escola é uma benção, primeiro pelo aprendizado e segundo porque conhecemos pessoas novas. Senão estivesse aqui não faria o curso em outro lugar, porque o custo é alto. A professora é nota mil, assim como toda equipe que trabalha aqui. Por mim, eu ficaria na escola todos os dias e o dia inteiro, aqui é um ambiente agradável e não tem lugar melhor que eu gostaria de estar no momento”, disse Maria de Lourdes.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *