segunda, 17 de maio de 2021

Escola de Artes Visuais do Parque Lage com cursos gratuitos

Alunos receberão bolsa mensal de permanência. Foto: Divulgação/Pedro Agilson

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV Parque Lage) lança nesta segunda-feira (19) o edital público e a abertura do período de inscrição em dois programas de formação gratuitos, voltados à fundamentação teórica e ao desenvolvimento poético nos campos das artes e da cultura.

Os interessados podem se candidatar gratuitamente nos concursos para a terceira edição dos programas de “Formação” e “Formação e Deformação”. Ao todo, serão oferecidas 30 vagas, 15 para cada curso, e o prazo de
inscrições vai até o dia 2 de maio de 2021. A divulgação dos selecionados será feita no dia 18 de maio.

Nesta edição, pela primeira vez os alunos contarão com uma bolsa mensal de permanência no valor de R$ 300, a ser disponibilizada ao longo dos cursos, que têm a duração de oito meses.

O edital público dos dois concursos e os formulários de inscrição já estão disponíveis no site da instituição, e os programas visam fomentar e apoiar a produção artística e discursiva com caráter crítico, experimental e disruptivo.

As práticas serão realizadas por meio de encontros virtuais e presenciais periódicos, que devem acontecer em espaços da cidade do Rio de Janeiro ou na própria EAV.

O curso de Formação é voltado a pessoas interessadas em conhecer ou se aproximar do campo da arte, sem necessidade de experiência prévia. O programa será dividido em quatro módulos, com orientação e acompanhamento pedagógico de Camilla Rocha Campos e Natália Nichols, e terminará, após oito meses, com a realização de
um projeto coletivo. A seleção será feita a partir de análise do formulário disponível no edital e da carta de intenção dos candidatos.

Já o programa de Formação e Deformação é voltado a artistas que já tenham poéticas em desenvolvimento. A seleção será feita a partir da análise de portfólio dos interessados, que também devem preencher o formulário disponibilizado no edital. Ao final de oito meses de estudos e práticas, sob a orientação da professora Clarissa Diniz e do curador Ulisses Carrilho, os alunos realizarão um projeto de exposição como trabalho de conclusão do curso.

“Com nossos programas gratuitos de Formação e Deformação, queremos contribuir para ampliar o acesso ao campo da arte e da cultura, a partir de novos olhares, vivências e posturas”, destaca Yole Mendonça, diretora da EAV Parque Lage.

Ulisses Carrilho, curador da instituição e idealizador do Formação e Deformação, revela que o programa, em seus dois níveis, “parte de um anseio de pensar alternativas a uma ideia fixa de grade curricular. Pensar formação e deformação é, de alguma maneira, pensar o quão adaptável pode ser esse currículo e quanto o sistema artístico, em franca transformação, está disponível para novos sujeitos e novas formas
que os artistas cotidianamente inventam para o mundo”.

Carrilho ressalta ainda a importância do acesso gratuito a um ensino de qualidade.

“Os programas reafirmam o caráter público da EAV. Não basta ser uma escola pública, é preciso criar acesso para um currículo como esse e para a oportunidade de ser artista, que de alguma maneira ainda é restrita a poucas classes sociais”, disse.

O currículo da edição 2021 dos programas foi elaborado levando em consideração todas as restrições sanitárias impostas, com aulas e práticas desenvolvidas para os meios virtuais.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');