segunda, 23 de novembro de 2020

FAKE NEWS: Informação de vacina usada em cães contra o Covid-19 é falsa

Vacina V-8 e V-10 imunizam os animais contra o CCoV e FCoV. Foto: Plantão Enfoco

Um vídeo que circula na internet, afirmando que cães estão imunizados contra o novo Coronavírus através de doses de uma vacina que também ajuda no combate da Cinomose, Adenovírus Tipo 2, Parainfluenza, Parvovírus e Leptospira canicola-grippotyphosa- icterohaemorrhagiae-pomona é falso, segundo o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMV-RJ). Isso porque, segundo especialistas, o Coronavírus sofre mutações genéticas, o que dá a ele características de infecções em diferentes espécies.

O veterinário Diogo Alves da Conceição, que é secretário geral do CRMV-RJ, explica que o Coronavírus que pode ser transmitido para o cão é o CCoV, enquanto o do gato é o FCoV. Já o Covid-19 – que está causando a morte de milhares de pessoas pelo mundo – teria sido uma mutação do Coronavírus que se originou em morcegos, possivelmente do gênero Rhinolophus, segundo pesquisa que foi conduzida por um grupo de trabalho que reúne especialistas do laboratório de Flavivírus do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Diogo ainda explica que as vacinas múltiplas, como a V-8 e a V-10, imunizam o cachorro contra o Coronavírus canino, que não é o mesmo que está se espalhando agora, causando a pandemia. Essas vacinas não podem ser aplicadas em humanos e não são eficazes contra o Covid-19.

“Nos cães, o Coronavírus causa vômitos e diarreias. Já nos gatos, ocasiona a peritonite infecciosa felina (PIF) e nos seres humanos, os distúrbios respiratórios. Houve um vídeo circulando no WhatsApp, que é um crime contra a saúde pública e não deveria ser publicado ou compartilhado”, explicou Diogo.

Fake News

No vídeo em questão consta a informação de que a vacina da marca Vanguard Plus imuniza cães do Coronavírus, o mesmo que estaria – segundo a veiculação – sendo transmitido para as pessoas. Nas imagens, um homem ainda afirma que isso seria uma estratégia dos orientais.

“Essas estratégias desses malucos desses orientais infelizmente conseguiram mobilizar e causar desespero mundial em troca de aumentar a economia deles, causando terror e desespero na população mundial. Nós, brasileiros, somos fortes. Não vamos cair nessa pilha, não. Até meus cães estão imunes a esses vírus que se apresenta em mamíferos. Os chineses querem dominar o mundo”

Disse o homem, no vídeo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até o momento, não há evidência significativa de que animais de estimação possam ficar doentes ou transmitir o novo Coronavírus (Covid-19). Mesmo assim, a recomendação é de que pessoas infectadas evitem o contato com seus cães e gatos e também façam quarentena de convivência com eles, apesar da mídia local chinesa ter emitido uma matéria atestando que um cachorro da raça Lulu da Pomerânia estaria infectado pelo Coronavírus, transmitido por sua tutora.

“Realmente, não há comprovação científica de que o animal transmita o Covid-19, mas o tutor infectado, ao espirrar ou tossir, poderá espalhar partículas com vírus na pelagem do animal. Até o momento, não há informações de que o animal em si desenvolva a doença, mas se o pelo estiver contaminado e outra pessoa o tocar, não há garantia de que não haverá transmissão. Nesse momento de incertezas, todo cuidado faz a diferença para evitar o contágio”, informou o veterinário.

O CRMV também esclareceu que, nesse período de contenção do Coronavírus, a recomendação é que as saídas ao ar livre com os animais de estimação sejam curtas e objetivas, acompanhadas de apenas um responsável, apenas para atender às necessidades fisiológicas – sempre evitando contato com outros animais e pessoas, buscando os lugares menos aglomerados e os horários mais tranquilos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

2 thoughts on “FAKE NEWS: Informação de vacina usada em cães contra o Covid-19 é falsa

  1. Mtoo Obrigada, pela informação!
    Recebi 2 Fake News! E falei que iria pedir para Dr. Diogo, meu Querido Veterinário, me explicar!
    Vou devolver para as duas pessoas que mandaram! Abraços

  2. Não foi falado em momento algum pra as PESSOAS tomarem a vacina vanguard, NÃO FOI FALADO QUE É VACINA DO CARTÃO DE CONTROLE DO CÃO DELE, QUE É a VACINA que combate o COVID 19.De qual video voce ta referindo? Um de 2 minutos, ta no Youtube. SÓ RETARDADOS não entederam. VOCES adoram uma polemica hein! NO VIDEO ele fala que o corona virus não é novo, é que é uma suposta armação da China, como muitos estão falando. Só retardado mental que não entendeu o que ele falou, a maioria só quer complicar mais, o VIDEO É REAL, a informação que o corona virus é velho a séculos, É VERDADE, quem trouxe esse virus? Porque voces de sites sensacionalistas nao informa a populção? Porque só agora alastrou? Os Chineses estão la no pais deles super tranquilos agora comendo cachorros, morcegos só que cada vez mais poderosos e ricos? Isso voces informaram a população? O dever da imprensa é passar a verdade, mas voces adoram manipular as pessoas e induzir os outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *