domingo, 25 de outubro de 2020

Familiares terão passe-livre para visitar internos do Degase em Niterói

A aquisição dos cartões começará a ser realizada a partir da segunda quinzena de março. Foto: Google Street View

A direção geral do Degase e a direção do Centros de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaad) Niterói se reuniram, nesta quinta-feira (20), com os representantes da 3ª Promotoria da Infância e da Juventude de Niterói e da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do município, depois da aprovação do processo que pleiteava a garantia do custeamento da locomoção de familiares de adolescentes do Degase.

“A iniciativa beneficiará familiares que ficavam impossibilitados de comparecer em visitas e reuniões no Degase pois a locomoção comprometia o orçamento familiar”, explicou o diretor-geral do Degase, Márcio de Almeida Rocha.

Ainda segundo Rocha, uma das prioridades do Degase é tratar os familiares dos socioeducandos como parte essencial do processo de ressocialização e um dos pilares para que o o trabalho possa ser realizado de forma integral.

“Estamos realizando fóruns com as famílias regularmente e ações como essa, de reforçar o vínculo familiar garantindo o direito à convivência, vêm apontar caminhos que podem servir de exemplo para todas as unidades do Estado”, pontua o diretor.

O objetivo do encontro foi traçar um fluxo para efetivar a emissão dos cartões RioCard para as famílias dos jovens que cumprem tanto medidas de semiliberdade ou de internação, e possuem residência no município de Niterói.

A aquisição dos cartões começará a ser realizada a partir da segunda quinzena de março e o acordo prevê que os cartões continuarão sendo recarregados mensalmente, durante todo o período de cumprimento da medida socioeducativa. A diretora do Criaad Niterói, Maria Gabriela Moura, explicou a importância da conquista para o sistema socioeducativo.

“Essa ação vai ter um impacto positivo, porque temos adolescentes em cumprimento de medida de internação que passam longos períodos longe da família por falta de recursos financeiros para o deslocamento dos familiares e outros, como na semiliberdade, que não conseguem voltar para casa aos finais de semana pelo mesmo motivo”, finalizou a diretora.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

1 thought on “Familiares terão passe-livre para visitar internos do Degase em Niterói

  1. O menor rouba mata trafica faz uma verdadeira arruaça e a família que criou errado ainda tem certas vantagem, fala sério…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *