sexta, 30 de julho de 2021

Fim do bloqueio na principal entrada de Niterói

Barreira da Praça Renascença será alterada. Foto: Arquivo/Marcelo Tavares

O bloqueio sanitário instalado na Praça Renascença, principal acesso a Niterói, será transferido para outro endereço, a partir deste fim de semana. De acordo com o prefeito Rodrigo Neves (PDT), a barreira na Avenida Feliciano Sodré tem atrapalhado o trânsito, principalmente para motoristas que vêm da Avenida do Contorno e da Ilha da Conceição.

Segundo o prefeito, o ponto de aferição de temperatura será removido para Avenida Feliciano Sodré, altura do número 39, próximo ao Mercado São Pedro. O secretário de Ordem Pública, coronel Paulo Henrique, informou ainda que o público-alvo da operação também mudou. Em vez de motoristas, os esforços serão voltados para trabalhadores dentro de ônibus.

“A reabertura gradual está trazendo um número maior de pessoas, o que demanda algumas alterações. Por isso, vamos focar nesse público que está voltando ao trabalho e usa transporte coletivo. A aferição de temperatura será feita nos coletivos, nessas pessoas que estavam afastadas do trabalho”, explicou o secretário.

Uma outra mudança anunciada também foi com relação às barcas, na Praça Araribóia, no Centro. Após o governo do Estado divulgar a suspensão do controle de acesso de passageiros em todas as estações, a partir deste sábado (6), a prefeitura dedicou agentes da guarda para continuar o trabalho de medição de temperatura durante o período da manhã.

“A cidade do Rio está retomando as atividades e isso vai impactar a dinâmica da transmissão do coronavírus na Região Metropolitana. O Rio tem quase três vezes mais óbitos que Niterói, comparando com a quantidade de pessoas na cidade”, justificou Neves.

Região Oceânica

Entrou em vigor nesta sexta-feira (5), os bloqueios nos acessos às orlas da Região Oceânica. O motivo, segundo o chefe do Executivo, foi o desrespeito às medidas de reabertura gradual. Desta forma, apenas moradores podem ter acessos a bairros, como Piratininga, Camboinhas, Itacoatiara e Itaipu.

As atividades nos calçadões continuam permitidas para quem mora na região, desde que obedecidos os horários previstos em decreto. A prática de exercícios físicos individuais na orla é autorizada das 6h às 9h e de 16h às 22h para pessoas até 60 anos. Idosos acima de 60 anos poderão fazer atividades físicas entre 9h às 11h.

Publicada às 21h29

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');