quinta, 22 de outubro de 2020

Guardas do Rio podem fazer greve no Carnaval

Agentes decidem a medida nesta quinta. Foto: Divulgação
Agentes decidem a medida nesta quinta. Foto: Divulgação

Os guardas municipais do Rio decidem nesta quinta-feira (20), às 10h, em assembleia, se entrarão em greve a partir da sexta-feira de carnaval. A deliberação será feita em frente à sede da Guarda Municipal, em São Cristóvão.

Segundo a Associação Frente Manifestante, que representa a categoria, as principais reivindicações dos agentes são o cumprimento das promoções previstas nas leis de plano de carreira da GM-Rio, o reajuste do ticket-alimentação, defasado há 8 anos e a convocação de cerca de 1.500 concursados de 2012.

Sobre o plano de carreira, a Associação informa que as duas Leis Complementares em vigor (100/2009 e 135/2014), que estabelecem as promoções, com avanço na carreira, não são cumpridas, gerando a estagnação dos servidores.

Durante a assembleia, os guardas também vão decidir de que forma será feita a greve: se por paralisação total do serviço público (com a manutenção constitucional de 30% dos serviços essenciais); se pelo chamado “aquartelamento” dos servidores nas suas unidades; ou outro dispositivo.

A Secretaria Municipal de Ordem Público do Rio ainda não se posicionou sobre as demandas da categoria.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *