terça, 20 de outubro de 2020

Habeas corpus de Rodrigo Neves será decidido após recesso

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), não apreciou o novo pedido de habeas corpus da defesa do prefeito Rodrigo Neves. De acordo com Dias Toffoli, o caso de Rodrigo não é considerado urgente e por isso pode aguardar pelo recesso forense. Com a decisão, o chefe do executivo de Niterói irá passar a virada de ano na prisão.

Rodrigo Neves está afastado do executivo de Niterói por decisão da justiça. O prefeito foi preso no último dia 10, sob a acusação de fazer parte de uma quadrilha envolvendo empresários do setor de transporte público que teria desviado mais de R$ 10 milhões dos cofres da prefeitura.

Com a decisão de Toffoli, o caso de Rodrigo será entregue ao ministro Roberto Barroso, porém apenas após o recesso.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *