Heat lidera ranking na captação de órgãos

Mudas de Jasmin plantadas por familiares no Jardim do Doador. Foto: Divulgação

O Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, lidera o ranking das unidades de saúde no Estado em captação de órgãos. Nos últimos meses a Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT) fez 84 notificações à Central Estadual de Transplantes (PET) com a captação de 109 órgãos.

No processo de doações estavam corações, pulmões, rins, fígados, pâncreas, córneas, peles e ossos que tiraram da fila de espera centenas de pessoas. Para valorizar a coragem de familiares pela escolha da doação, o Heat criou o Jardim do Doador, onde um familiar é convidado a plantar uma muda de jasmim. 


O trabalho, liderado pelo médico Sandro Montezano, tem início quando a unidade médica cumpre todos os protocolos necessários na tentativa de dar sobrevida ao paciente com morte cerebral. Após a autorização dos familiares, o hospital inicia o processo de doação e captação junto ao Estado.  


“Existe uma equipe capacitada para a realização de todo o processo, que vai desde o acolhimento e humanização na abordagem dos familiares”,garante o médico Sandro Montezano. 


O Instituto Lagos Rio, que administra os Hospitais Estaduais Alberto Torres, em São Gonçalo, e João Baptista Cáffaro, em Itaboraí, e as UPAs do Colubandê e Santa Luzia, em São Gonçalo, e Fonseca, em Niterói, com apoio da secretaria estadual de Saúde, realiza periodicamente cursos de “Doação de Órgãos e Tecidos”. Esse curso é destinado para profissionais da área da saúde e público em geral e sobre “Diagnóstico de Morte Encefálica” para médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e fisioterapeutas recém contratados. 


Jardim do Doador – Idealizado pelo psicólogo Luiz Antônio da Silva,  o Hospital Estadual Alberto Torres ganhou um jardim dedicado especialmente aos familiares que decidem doar órgãos de parentes. Após a doação, a família é convidada a plantar uma muda de jasmim na área verde da unidade. O local hoje conta com 150 mudas plantadas. De acordo com o psicólogo, a iniciativa visa valorizar a coragem de familiares pela escolha da doação.

Segundo ele, o projeto é o único com essa proposta de acolhimento no mundo. O Jardim do Doador de Órgãos já foi tema em diversos congressos em Portugal.


Doadores – Na última semana, a família de Oniceia Oliveira plantou a sua muda de jasmim no Jardim do Doador. Durante o plantio, o filho Gustavo Oliveira se emocionou e garantiu que mesmo depois de morrer a mãe continuava ajudando pessoas através da doação do fígado e rins.

“É um momento triste, mas por outro lado fico feliz porque minha mãe, mesmo morta, está salvando vidas. Esta plantinha agora representa a minha mãe”. garantiu. 


Heat – O Hospital Estadual Alberto Torres é referência em atendimento a pacientes politraumatizados. O seu Centro de Trauma conta com profissionais treinados no Centro de Trauma de Baltimore e no Ryder Trauma Center, da Universidade de Miami, ambos referência nos Estados Unidos. Mesmo experientes no atendimento a feridos de grande gravidade, todos foram aperfeiçoar as técnicas para ganhar mais agilidade e melhor o fluxo de atendimento. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *